Abdelaziz Bahsain, natural do Marrocos, é o cozinheiro. (Foto JBFoco)

 

Casal Abdelaziz e Ângela Carla: sabores da África Árabe. (Foto JBFoco)

 

O leitor já experimentou a comida do Marrocos, país de língua árabe do norte da África, início do grande deserto do Saara?

Na Grande Florianópolis, a oportunidade de experimentar essa comida maravilhosa está no restaurante ITINERANTE chamado “La Maison du Maroc” (A Casa do Marrocos, em francês, a segunda língua oficial daquele país).

Trata-se de uma tenda berbere (povo nômade do Saara) montada em feiras onde os clientes são servidos tal como lá no Marrocos.

O cozinheiro é o artesão Abdelaziz Bahsain, 48, imigrante marroquino que mora no Campeche, em Florianópolis, com sua esposa, a portuguesa naturalizada brasileira, Ângela Carla Raso Prata.

O casal trabalha com artesanato e às quartas-feiras encontram-se na feira de comida vegana na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Aos sábados, estão na frente do Mercado Público de Florianópolis. Aos domingos, o casal encontra-se na Lagoa da Conceição ou em Ratones ou no Campeche (revezamento).

 

 

PRATOS

“La Maison du Maroc” serve pratos típicos marroquinos, entre os quais o “couscous” (cuscuz), que não é aquele do nordeste brasileiro, mas um prato a base de sêmola, legumes, grão de bico e carne. O sabor é divina. Tem de conferir.

A tenda serve harira (sopa de vegetais com grão de bico), pita kefta (pão árabe, carne, salada e molhos), pita vegana (pão árabe, berinjela e grão de bico), doces típicos e o tradicional chá de hortelã oriental.

Confira.

 

BIGUAÇU

Se houver o convite, o casal Bahsain pode ir a Biguaçu montar na praça Nereu Ramos a tenda/ restaurante “La Maison du Maroc” para que os biguaçuenses saboreiem a comida do Oriente.

Mais informações pelo fone (48) 9-9620-7902 ou pelo site www.bahsain.com