Publicidade

 

 

Um mês atrás, no dia 9 de agosto, o JBFoco publicou reportagem sobre as filas homérias na agência do Banco do Brasil de Biguaçu. Na ocasião, comentamos que os clientes do banco sofriam o pão que o capeta amassou em filas nos caixas eletrônicos que não funcionam direito e nas filas para pegar simples senhas de atendimento nos caixas.

Desde que a antiga agência do que era o BESC foi fechada em Biguaçu, a vida dos correntistas da cidade não tem sido fácil. Na época do BESC, que faliu e acabou virando o Banco do Brasil, a agência foi mantida por muitos anos e as filas lá eram consideráveis.

Se já havia o problema das filas, agora imagine fechar uma agência e concentrar toda a clientela num só banco em Biguaçu. Aí o resultado tem isso.

A pergunta que não quer se calar: até quando os biguaçuenses terão de conviver com as filas na agência do Banco do Brasil de Biguaçu?

 

Basta haver algum problema no caixa para a fila ficar desse jeito. (Foto JBFoco)

 

Haja paciência de Jó para pegar uma senha de atendimento. (Foto JBFoco)

 

Perguntar não ofende, mas quando é que a direção do Banco do Brasil apresentará uma solução para os problemas das filas. (Foto JBFoco)

 

Publicidade