Publicidade

A leitora Jéssica Rodrigues, moradora do bairro Praia João Rosa, Biguaçu, reclama da falta de estacionamento na agência da Caixa Econômica Federal na esquina das ruas Leopoldo Freiberger com a avenida Marcondes de Mattos.

Jéssica, que trabalha no centro de Biguaçu e, por isso, trafega pela avenida Marcondes de Mattos, que se tornou ligação entre a Praia João Rosa e o centro, conta que tem cidadãos que estacionamento seus carros em cima justamente da ciclovia existente na citada avenida.

Ela vai de bicicleta, inclusive levando sua filha para a creche. No entanto, devido à falta de vagas de estacionamento ao longo das ruas ao redor da agência da Caixa Econômica, parte da ciclovia da avenida Marcondes de Mattos acabou virando “estacionamento” e Jéssica é obrigada a desviar dos carros quando trafega com sua bicicleta na ciclovia, isto é, tem de disputar lugar com os carros que trafegam pela mesma via. “Já quase fui atropelada inúmeras vezes com minha filha na cadeirinha”, conta Jéssica.

Ela comenta que esses abusos acontecem geralmente no início de mês

Com a palavra, a diretoria de trânsito da Prefeitura de Biguaçu. Aliás, a diretoria já poderia acionar a Polícia Militar para arrecadar umas multas de trânsito por estacionamento por lugar proibido. Como lembra a leitora, ciclovia não é lugar para se estacionar veículos e há placas informando que isso é proibido naquela região.

 

Publicidade