Publicidade

 

O garçom Edson Souza, 50, residente no bairro Bom Viver, Biguaçu, contatou o JBFoco enviando as fotos que ilustram esta matéria.

Comentou que falta calçada neste trecho em particular, próximo do Colégio Tânia Mara. “Como não tem calçamento, as pessoas têm de desviar e acabam tendo de andar por cima da rua. E há risco série de atropelamento, como já aconteceu”, argumenta Edson.

Na foto em questão, se não bastasse não haver calçamento, o local está tomado por mato alto.

“O dono do terreno em questão aceita doar um metro para a prefeitura faça uma calçada, mas, em contrapartida, solicitou uma mureta de contenção para que o barranco não venha a despencar. A prefeitura não aceitou”, alega Edson.

 

PREFEITURA

A reportagem contatou com o secretário de obras da Prefeitura de Biguaçu, José Valdemar Silveira, popular “Zé dos Fundos”.

Zé observa que a prefeitura já conversou com o senhor idoso dono do terreno mostrado pela foto do garçom Edson. Na ocasião, foi pedido para que foi doado um metro para a abertura da calçada. “Inclusive até valorizava o terreno dele, mas infelizmente a negociação não deu certo. A obra de contenção é muito cara, mas faríamos algo diferente que também resolveria o problema, mas o senhor não aceitou”, conta Zé.

O secretário de obras conta que vai sair em 2018 o projeto de revitalização da rua João Luiz Duarte, cujo calçamento data de 1994, isto é, o asfalto local já tem 23 anos de uso.

Nessas obras, a prefeitura tentará fazer essa calçada no local já referido. “Estou esperando a volta do vice-prefeito, Vilson Alves, que é amicíssimo do dono do terreno. Iremos lá conversar com ele para possibilitar essa calçada. Acho que vai dar cedo. Ele realmente é muito amigo do Vilson e não deve negar a obra. A única coisa que eu não quero é entrar em atrito. Pelo contrário. Quero consenso, entendimento, resolver tudo na conversa e na cordialidade”, comenta Zé.

 

Para 2018, está prevista revitalização da Rua João Luiz Duarte, Bom Viver. (Foto Divulgação)

 

Rua João Luiz Duarte, Bom Viver. (Foto Divulgação)

 

Publicidade