Publicidade

A placa da obra já diz tudo: o ginásio de esportes da avenida Beira Rio, no novo bairro que surgiu em Biguaçu, o “Beira Rio”, entre o rio Biguaçu e o Cepetry, nas proximidades do Vendaval, teve suas obras iniciadas em 15 de janeiro de 2016, isto é, há quase dois anos.

A obra, financiada pelo Ministério do Esporte e Caixa Econômica Federal, deveria estar pronta, segundo informa a placa, em 15 de janeiro de 2017, isto é, há quase um ano.

As fotos foram tiradas hoje (sexta, 22/12). As obras ainda estão longe de estarem concluídas.

 

PREFEITURA

Ligamos às 17h40 para a assessoria de imprensa da Prefeitura de Biguaçu hoje (sexta, 22/12). É verdade que é “véspera” de natal, mas ainda faltavam 20 minutos para o fim do expediente. Ninguém atendeu. Mas nós aqui do jornal estávamos trabalhando. Não é porque se trata de serviço público que a coisa tem de ser desse jeito.

Mas deixando de lado esses questionamentos, gostaríamos que a prefeitura, logo que volte ao expediente, pronuncie-se a respeito desse ginásio. Por que as obras estão paralisadas? O que aconteceu?

A população quer explicações.

QUESTIONAMENTOS

Nada contra. O loteamento Deltaville, que está sendo construído, é o mais moderno do município. É perfeito.

Mas não podemos deixar de questionar um detalhe: por que um ginásio público está sendo construído no perímetro urbano de Biguaçu onde encontra-se do ginásio Nagib Salum? Sim, o ginásio Beira Rio fica no Deltaville, por sinal, um endereço muito bom, sem sombra de dúvida. Não temos do que reclamar nem criticar. Ponto final.

Mas o interior de Biguaçu não possui um só ginásio de esportes. Pelo que nos consta, Sorocaba, Três Riachos ou Fazenda não possuem tal “luxo”. Se algum morador do interior de Biguaçu, da zona rural do município, quiser praticar esportes, jogar futsal, vôlei ou basquete, terá de ir até o perímetro urbano da cidade.

Por que construir um ginásio de esportes no “Beira Rio/Deltaville”com dinheiro federal se o local dessa obra (que não termina nunca, diga-se de passagem) está a dois quilômetros (talvez menos) do “Nagib Salum”?

Sim, a distância entre os dois ginásios são dois quilômetros ou menos, se não estivermos enganados quanto à distância. Vale lembrar que a distância entre ambos ginásios é uma caminhada não muito longa.

Não teria sido mais estratégico e de mais impacto ter escolhido o interior de Biguaçu para esse novo ginásio?

Questionar não ofende, mas já que é para se investir numa obra pública, que essa seja muito bem planejada e atendendo a população mais necessitada. Será que tem alguém que discorda disso?

Aliás, é para o bem da cidade.

Ginásio de esportes do novo bairro Beira Rio Biguaçu deveria ter sido entregue em 15 de janeiro deste ano de 2017. (Foto JBFoco)
Obra iniciada em 15 de janeiro de 2016 e que deveria ter sido finalizada um ano depois, em 15 de janeiro de 2017. Estamos em 22 de dezembro de 2017 e nada de conclusão da obra. (Foto JBFoco)
Qual explicação para o atraso da obra?

Publicidade