Publicidade

Na tarde de hoje (quarta, 13/12), a Assembleia Legislativa do estado de Santa Catarina derrubou, por unanimidade, o veto do Governo do Estado ao Projeto de Lei 53.2/2017 que dispõe sobre a cassação da inscrição estadual àquelas empresas acusadas de serem receptadoras de carga roubada.

“Esta notícia, sem sombra de dúvidas, é um alento para o Transporte Rodoviário de Cargas como um todo, desde o motorista e a família dele, até o empresário e todos os envolvidos com a atividade”; Este foi a observação do presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli sobre a votação em questão.

“Com a Lei e a Divisão Especializada em Investigar o Roubo de Cargas, que deve ser lançada na sequência, fecharemos, efetivamente, o cerco contra este crime que sufoca toda a sociedade”, observou.

O vice-presidente da Fetrancesc, Dagnor Schneider, trata-se de uma vitória do setor.

“Nós derrubamos o veto do Governo, fazendo valer o Projeto do deputado Patrício, que é importante e valoriza o transportador catarinense. Nós temos que punir o mal empresário”, obo observou o deputado Darci de Matos (PSD). Para ele, necessita-se coibir o receptador de carga roubada em primeiro lugar.

Publicidade