Não é um paradoxo? Na quarta-feira passada (07/03), o deputado federal Marco Tebaldi enviou R$ 150 mil de emenda parlamentar para investir nos postos de saúde de Biguaçu.

O prefeito Ramon fez a maior festa. Só faltou beijar as mãos do deputado. No entanto, paradoxalmente, em janeiro, a irmã de Ramon, a secretaria de governo, Karoline Wollinger, autorizou o gasto de R$ 300 mil em publicidade sem apresentar uma justificativa plausível.

Quer dizer, “torra” R$ 300 mil, mas “vibra” quando vem a metade desse dinheiro para a saúde. Pode uma coisa dessas?

Transcrevamos aqui ipsis litteris a matéria divulgada pela assessoria de imprensa da prefeitura de Biguaçu: “O município de Biguaçu foi contemplado na tarde de quarta-feira (07/03), com uma emenda parlamentar de R$ 150 mil para custeio de ações da Secretaria Municipal de Saúde. O recurso foi indicado pelo deputado federal Marco Tebaldi, representado na entrega do empenho pelo assessor parlamentar Emerson Tizoni.

O valor repassado estava previsto na Lei Orçamentaria Anual (LOA) da Câmara dos Deputados no ano de 2017 e foi empenhado no mês de dezembro. Vários municípios catarinenses foram contemplados com recursos indicados pelo parlamentar, totalizando, segundo a assessoria, o valor aproximado a R$ 34 milhões.”

 

Finaliza a matéria: “Todo recurso é muito bem-vindo para nossa cidade, ainda mais para a saúde que precisa de investimentos constantes e que precisa muito de nosso empenho e atenção. Quero em nome dos biguaçuenses, agradecer ao deputado pelo carinho com nossa cidade”, comentou o prefeito Ramon Wollinger.

O encontro foi acompanhado também pelo superintendente do Departamento Nacional de Produção Mineral em Santa Catarina, Gilmar Oliveira Gonçalves, pelo secretário de Planejamento e Gestão Participativa, Matheus Hoffmann Machado, pelo presidente da Câmara de Vereadores de Massaranduba, Djonathan Cisz e pelos ex-prefeitos de Itapema, Rodrigo Bolinha e de Penha, Evandro Eredes do Nascimento.”

 

ANÁLISE

Nada contra a emenda parlamentar do deputado Marco Tebaldi destinando R$ 150 mil para a saúde de Biguaçu. Pelo contrário. Tem é que se aplaudir. Aliás, o prefeito Ramon Wollinger (PSD) fez questão de fazer o maior alarde tirando fotos e divulgando o “reforço” para a saúde de Biguaçu, que literalmente não anda bem de “saúde”. Que o digam as filas de espera, a falta de medicamentos, as ameaças de greve, o problema da ISEV etc.

Mas vejam só o paradoxo. Ramon gastou R$ 300 mil em publicidade no mês de janeiro sobre a qual não apresentou, até o presente, uma explicação e um relatório com todos os itens especificados dos gastos.

No entanto, está fazendo a maior festa (só faltava beijar as mãos do deputado Marco Tebaldi) por estar recebendo R$ 150 mil para saúde, justamente a metade do que Ramon gastou em publicidade.

 

RIR PRÁ NÃO CHORAR!!!

Parece até aquela tirinha de jornal de alguém dizendo que temos de defender a natureza, mas pega o machado e corta uma árvore adulta. Picota e o que faz? Coloca uma cerquinha em torno de uma muda. Quer dizer, abate uma árvore para fazer uma cerca em torno de uma muda. Pode uma coisa dessas?

É exatamente o paradoxo do prefeito Ramon. Torra no desnecessário e vibra com a metade para a saúde.

 

Emenda Parlamentar de 150 mil é destinado à Saúde de Biguaçu (Foto Paulo Rodrigo Ferreira – DICOM PMB)

 

Município recebe emenda de R$ 150 mil para Saúde (Foto Paulo Rodrigo Ferreira – DICOM PMB)

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco