Publicidade

Recebemos e-mails sobre a indignação de um leitor que ficou sabendo através do jornal que alguns vereadores de Biguaçu barraram um simples requerimento solicitando que o prefeito Ramon se apresentasse para esclarecer alguns fatos sobre o seu enriquecimento e emprego em dois lugares na época em que foi vice-prefeito da cidade.

“Boa tarde Décio e Ozias. Não acreditei no que li hoje (30-05-2018) no JBFoco sobre o requerimento que pedia que o nosso prefeito esclarecesse assuntos que a sociedade merece saber.

Eu votei num desses vereadores que foram contra esse simples requerimento apedido de um parente.

Quero ver ele vir aqui em casa pedir mais voto. Questionamento não é condenação. O Ramon deveria ir sim dar sua versão dos fatos sobre enriquecimento e ter dois empregos como agente prisional e vice-prefeito.

O que tem de errado nisso. Quem não deve não teme. Os vereadores fizeram um desserviço a cidade em barrar esse requerimento”

Valter J. Gonzaga Prim  – Fundos – Biguaçu.

O QUE TEM DE ERRADO?

Douglas : leitor fica indignado com esses vereadores que blindaram o prefeito Ramon para não responder. (Foto Arquivo JBFoco)

 

Patê. (Foto Arquivo JBFoco)
Pissudo. (Foto Arquivo JBFoco)

 

Adriano Vicente. (Foto Arquivo JBFoco)

 

Salete Cardoso. (Foto Arquivo JBFoco)

 

Bilico. (Foto Arquivo JBFoco)

 

Elson. (Foto Arquivo JBFoco)

 

Ângelo Vieira Ramos, ex-secretário de saúde da prefeitura de Biguaçu. (Foto Arquivo JBFoco)

 

“Que blindagem é essa? Caros leitores do jornal e eleitores de Biguaçu. Anotem esses nomes aí porque entendo que eles não fizeram seu papel de vereador em fiscalizar o poder público.

O que tem de errado em ser questionado e responder? Distintos vereadores: Douglas, Pissudo, Patê, Adriano, Salete, Bilico, Elson e Ângelo, por que vocês não querem saber a versão do prefeito Ramon sobre alguns fatos?

Vocês representam o povo e não poderiam blindar esse tipo de coisa. Decepção mesmo. Agora só faltam vocês votarem a favor das contas dele depois que o Tribunal de Contas recomendou  a rejeição” – Guilherme Trajano Celestino – Praia João Rosa – Biguaçu.

 

AVISO
Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade