Publicidade

Roberto, funcionário da secretaria municipal de obras que pediu para seu sobrenome não ser revelado, está indignado com uma afirmação do secretário de obras da prefeitura de Biguaçu, José Valdemar Silveira, o “Zé dos Fundos”.

Em 17 de setembro último, o JBFoco publicou fotos de operários trabalhando dentro de esgoto para limpar um túnel que foi identificado como sendo o do rio Carolina, divisa entre Biguaçu e São José.

Conforme pode-se ver nas fotos, os operários não estão usando quaisquer itens de segurança- não há proteções plásticas, máscaras e outros equipamentos para trabalhar dentro de um esgoto. Isso é para evitar doenças.

Na ocasião, questionamos se os operários da foto eram ou não funcionários da secretaria de obras de Biguaçu.

Em 20 de setembro, o JBFoco ouviu o secretário Zé dos Fundos, que disse na ocasião que tais funcionários não são da prefeitura, mas sim de uma empreiteira de Curitiba.

“Os operários da nossa secretaria, quando precisam limpar esgotos, usam bota calça e outros equipamentos. Usamos hidrojato nesse tipo de obra e eu, particularmente, não permito que entrem no esgoto sem as roupas adequadas para esse serviço”, observou na ocasião.

O funcionário Roberto ficou indignado: “Aqueles operários que aparecem nas fotos são funcionários da prefeitura. Infelizmente trabalhamos sem equipamentos. As fotos em questão foram tiradas num túnel no Vendaval, próximo ao Guincho Gaúcho, na lateral da BR-101. Os funcionários são mandados para limpar o túnel, mas sem qualquer equipamento de segurança”.

“Um dos operários que aparecem ali é o seu Luiz, que vai se aposentar no fim do ano. No dia em que foi tirada essa foto houve um acidente e um operário se machucou. Trabalhar dentro do esgoto é perigoso para doenças. Por isso, tem de ter equipamento, o que não tem”, diz Roberto.

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Biguaçu (Sintramubi) está questionamento na justiça do trabalho providências para que sejam fornecidos equipamentos de segurança para os servidores, principalmente os da secretaria de obras, que estão mais expostos a lugares insalubres.

“Amanhã (quinta, 26/09) teremos uma reunião com o advogado do sindicato pra resolver essa questão dos equipamentos de segurança que a prefeitura quebrou o acordo que firmou recentemente para fornecer tais itens”, informa Roberto.

 

 

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco

 

 

Publicidade