Publicidade

Na tarde de quinta-feira (22/11) houve uma reunião com prefeitos da Grande Florianópolis em Palhoça. Na ocasião, foi discutida uma medida tomada pelo Governo do Estado. Este retirou, da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), a tramitação o Projeto de Lei 23/2018, que determina alterações na lei que criou a Região Metropolitana. Esta lei iria criar a Superintendência da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf). Para isso, haveria concorrência pública para o novo sistema de transporte coletivo integrado dos municípios da região.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de Biguaçu: “O projeto retirado da Alesc foi amplamente discutido pelos municípios e teve sua minuta aprovada em março deste ano. Foram realizados estudos técnicos com visão integral da mobilidade urbana na região propondo uma série de melhorias no transporte urbano, plano de ciclovias, espaço para pedestres e estacionamentos e a construção de terminais de integração nos municípios de Biguaçu e Palhoça. Além disso, deveria acontecer a implantação de corredores exclusivos para ônibus nos municípios que compõem a região metropolitana interligando-os com o terminal de Florianópolis.

Os prefeitos presentes decidiram iniciar a organização de um consórcio para integração do transporte público na Grande Florianópolis. Os municípios que não estavam representados e o Governo do Estado serão convidados para integrar o consórcio. A decisão se dá pela deficiência dos serviços prestados no transporte público coletivo da região e pela necessidade de realização de concessão em curto prazo.”

 

 DECISÃO

Continua: “A decisão do Governo do Estado nos pegou de surpresa. Depois de muitos debates e audiências discutindo o projeto, os municípios da Grande Florianópolis aguardavam a aprovação que ajudaria a resolver os problemas enfrentados diariamente pelos usuários do transporte coletivo e de mobilidade urbana”, comentou o prefeito Ramon.

No encontro, os representantes dos municípios decidiram solicitar ao Governo do Estado que informe os motivos que levaram à retirada do Projeto de Lei de tramitação e que sejam disponibilizados todos os estudos e projetos do sistema integrado de transporte coletivo da Região Metropolitana da Grande Florianópolis até a fase atual, visto que o mesmo foi custeado com recursos públicos.

A assunto deverá ser pauta da Assembleia Ordinária da Associação dos Municípios da Grande Florianópolis (Granfpolis) no dia 30 de novembro às 9 horas na cidade de Tijucas.”

 

AVISO
Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade