Publicidade

Virou a maior polêmica um camping de Motor Home na praia de Palmas, Governador Celso Ramos.

O “bafão” estourou ontem (quinta, 27/12) quando a Polícia Ambiental e uma equipe da Samae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) estiveram no local e cortaram o fornecimento de água. O objetivo é “expulsar” os Motor Home. Aliás, segundo um empresário que está hospedado num dos 10 Motor Homes do local e que pediu para seu nome não ser divulgado, a fiscalização deu prazo para se retirarem “amigavelmente”.

Por que isso? É que a fiscalização alegou que os Motor Home deixarão “dejetos” (leia-se fezes e urina, sem falar da água usada em pias) no terreno em questão e isso vai tornar-se poluição no meio ambiente, isto é, na badalada praia de Palmas.

O empresário que contatou o JBFoco alega que isso não procede. “Todos os Motor Home aqui hospedados possuem caixa de dejetos. Os dejetos são todos armazenados. Depois dos 10 dias em que ficaremos aqui na praia, nenhum tanque será despejado no terreno. Isso é um delírio. No meu Motor Home, a caixa de dejetos tem capacidade de 500 litros.”

Os Motor Homes estão num terreno de um popular chamado Pedro e cada um está pagando R$ 300,00 para hospedar-se no local por 10 dias.

 

DISCUSSÃO

A Polícia Ambiental pode até ter certa razão. Afinal de contas, onde serão despejados os dejetos dos Motor Homes?

Mas, conforme dito antes, os donos desses Motor Homes afirmam que possuem um armazenamento próprio e que o local de descarte será em outro local que não na praia de Palmas.

Mas a questão é: que rigor é esse contra os Motor Homes? Afinal de contas, tirando um loteamento, a praia de Palmas não possui nem rede de coleta de esgoto e, muito menos, tratamento de dejetos.

Por que esse rigor todo contra os donos de Motor Homes enquanto que as casas vizinhas desejam seus dejetos sem tratamento?

É claro que o JBFoco não está defendendo que não deva haver fiscalização e que os dejetos dos Motor Homes sejam despejados no próprio terreno ou na rede pluvial mais próxima na praia de Palmas.

Não é isso. Mas é problemático ter um rigor extremo contra os Motor Homes sem pelo menos haver algum sistema de coleta de esgoto para tratamento nesse balneário, não é?

 

CORTES

A polêmica continua. A distribuição de água foi cortada e os fiscais pretendem, segundo os “Motor Homezeiros”, cortar a eletricidade hoje (sexta, 28/12) ou no sábado (29/12).

Os donos dessas Motor não querem sair porque já pagaram pela hospedagem e salientam que não estão fazendo nada de errado e que, inclusive, a fiscalização da Polícia Ambiental não flagrou nenhum Motor Home despejando dejetos em algum lugar do terreno. Portanto, se não há um flagrante, por que tanta punição?

 

 

 

 

É muito FÁCIL receber notícias gratuitamente e concorrer a uma bicicleta!

JBFoco

#jbfocowhattsapp

  1. Envie uma mensagem no whattsapp para o número (48) 9-8484-7539 com a palavra OK!

  2. Além de receber notícias GRATUITAMENTE, você concorrerá a uma bicicleta.

Prêmio a ser sorteado: Bicicleta Aro 26 Beach 18V

Sorteio: Dia 05.03.2019 ( 05 de março de 2019)

Quem já recebe as reportagens pelo whattsapp está concorrendo automaticamente.

Publicidade