Publicidade

O JBFoco revelou ao longo desta semana a verdadeira “Farra” que o prefeito Ramon Wollinger (PSD) fez ao gastar por volta de R$ 11 milhões, ao longo dos últimos anos, em obras com dinheiro da COSIP, a taxa de iluminação pública. Vale lembrar que em 2018, por exemplo, foram gastos R$ 4,6 milhões com a empresa Energiluz, isso sem licitação, pois o prefeito, além de determinar o aumento do imposto (sim, Ramon fez isso em 2017 e isso numa época de crise econômica no país), assinou um decreto de emergência, o que permite a contração de empresa sem a abertura de licitação.

A empresa contratada foi a Energiluz, que, ao longo dos últimos anos, no governo Ramon, já recebeu R$ 11 milhões de recursos da COSIP em obras com e sem licitação.

Um outro detalhe: em 2017, Ramon assinou decreto de emergência na cidade. Houve uma enchente, um terremoto ou fomos atingidos pela barragem de Brumadinho?

Não. A emergência alegada por Ramon foi que o interior de Biguaçu precisa de mais linhas de distribuição de energia elétrica, como se a região já não tivesse alguma rede elétrica.  É tanta “emergência” assim que não poderia ser feita uma licitação normal para a contratação da empresa vencedora?

Realmente muito interessante!

 

PUBLICIDADE

Se já não bastasse a dita “Farra da Cosip”, sobre a qual o prefeito Ramon nega apresentar relatório detalhado sobre o que foi feito e as respectivas notas fiscais, agora nós temos a farra da publicidade.

Nesse começo de ano já foram gastos R$ 180 mil. Já passou mais de um milhão de reais em gastos em publicidade entre 2018 e neste início de 2019.

O interessante é que boa parte dessa publicidade foi autorizada por Karoline Wollinger, irmã do prefeito Ramon.

Em Jaraguá do Sul e Araquari, os prefeitos locais foram condenados na justiça por terem empregado irmãos como secretários municipais. Aqui em Biguaçu, Ramon coloca sua irmã Karoline no cargo de secretário de Governo e nada acontece.

A situação é idêntica. Aliás, Jaraguá do Sul e Araquari não ficam em outro país, mas, pelo jeito, há dois pesos e duas medidas no entendimento jurídico, pois é impressionante como o caso de nepotismo declarado de Biguaçu não é alvo de alguma contestação judicial. Realmente muito interessante.

Enquanto isso, Karoline vai fazendo a farra em autorizações de publicidade.

Vale lembrar que o vereador Salmir da Silva (MDB) exigiu um relatório de onde a publicidade foi gasta e, depois de muito “empurra-empurra”, ele recebeu o documento no ano passado.

Confira o vídeo do colunista Décio Baixo Alves, no seu programa “Décio a Lenha”.

 

 

 

https://chat.whatsapp.com/FPjwOITgOdo9LQnZAJprNs

Clique no link desse grupo e receba Gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu e ainda concorre a uma bicicleta que será sorteada 5-3-2019. Nesse grupo não haverá interação, somente recebimento de reportagens do Jornal Biguaçu em Foco

 

É muito FÁCIL receber notícias gratuitamente e concorrer a uma bicicleta!

JBFoco

#jbfocowhattsapp

  1. Envie uma mensagem no whattsapp para o número (48) 9-8484-7539 com a palavra OK! https://chat.whatsapp.com/FPjwOITgOdo9LQnZAJprNs

  2. Além de receber notícias GRATUITAMENTE, você concorrerá a uma bicicleta.

Prêmio a ser sorteado: Bicicleta Aro 26 Beach 18V

Sorteio: Dia 05.03.2019 ( 05 de março de 2019)

Quem já recebe as reportagens pelo whattsapp está concorrendo automaticamente.

Publicidade