Publicidade

Eis a questão, uma boa questão. Não se sabe com precisão.

Segundo os historiadores Iaponan Soares e Ana Lúcia Coutinho, autores de “História de Biguaçu através de sua gente” (1989), Rio Caveiras já era um nome usado no século XVIII.

Nas páginas 21 e 22 dessa obra, os autores informaram que em 2 de julho de 1774 um morador de São Miguel chamado Agostinho Fernandes de Carvalho recebeu uma sesmaria (terra) “na localidade chamada Rio Caveiras” “correndo aos fundos ao sudoeste na picada do Rio Caveiras até o rio chamado Calafate”.

Não vi o documento em questão. É só para confirmar se o nome “Caveiras” consta, mas eis aí o detalhe: o nome “Rio Caveiras” já era usado no século XVIII.

Mas por que “caveiras”? Em alusão ao quê? O rio em questão chamou o nome de “caveiras” em alusão a ossos encontrados?

Os moradores mais antigos do bairro de “Rio Caveiras” dizem que a região ganhou esse nome porque “antigamente” (não precisar o ano ou década exata) foram achadas vários esqueletos às margens do rio que corta a região. Este rio passou a ser chamado de “Rio das Caveiras” e mais tarde “Rio Caveiras”. Acredita-se que as “caveiras” sejam de índios e o local onde foram achadas era um cemitério indígena.

Segundo o antigo dono de uma escola situada na rua Cônego Rodolfo Machado, cujo nome escapa-me, na década de 1970, a área onde hoje fica a comunidade de Saveiro era um sambaqui e arqueólogos teriam retirado ossadas indígenas, isto é, o local era um antigo cemitério indígena.

Vale lembrar que essa informação não foi checada. É preciso verificar se houve algum registro de escavações arqueológicas na década de 1970 nessa região e quantos esqueletos foram retirados. Se possível, seria até mesmo interessante procurar saber onde estão essas ossadas dos “mais antigos biguaçuenses” que se tem notícia (!!!)

Mas vale lembrar que, mesmo que se os arqueólogos encontrassem “caveiras” e sendo o Saveiro cortado pelo “rio Caveiras”, mesmo assim não podemos afirmar que a origem do nome deve-se a essas escavações, pois, conforme já informamos antes, o nome “Caveiras” já era usado desde 1774, conforme o registro documental informado pelos historiadores Iaponan Soares e Ana Lúcia Coutinho.

O rio Caveiras é pequeno, ou seja, de breve extensão. Nasce no Morro da Boa Vista e corta o perímetro urbano de Biguaçu. Deu o nome ao bairro homônimo. Trata-se infelizmente do rio mais poluído de Biguaçu.

 

Rio Caveiras: água preta de tanto esgoto que é despejado sem tratamento. (Foto Arquivo JBFoco)

 

 

Ozias Alves Jr

E-mail: ozias@jbfoco.com.br

 

https://chat.whatsapp.com/DzUCpmYip17KFtkEeyNpaD

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade