No dia 30 de maio o grupo que compõe a Frente Parlamentar de Saúde e Educação na Escola, organizada pela Câmara de Vereadores de Biguaçu, se reuniu com representantes da Secretaria Municipal de Educação para definirem ações e metas a serem realizadas a fim de melhorar as condições de saúde de estudantes do Município. Na pauta, estiveram proposições de alternativas de melhorias para questões como alimentação, vacinação, transtornos de saúde, entre outras necessidades que envolvem crianças e adolescentes.

O vereador e presidente da Frente, Adriano Luiz Vicente, lembrou de palestras realizadas em bairros do município, em que se verificou situações preocupantes, a exemplo de avaliação realizada em um grupo de 35 pessoas, quando apenas quatro delas estavam dentro do peso ideal. “Quase 25% das pessoas tinham risco altíssimo de infartar”, alertou o vereador, que também atua como médico. Nesse sentido, Adriano anunciou que a Secretaria Municipal de Educação, por meio da pasta da Saúde, aderiu ao Plano Crescer Saudável, do Governo Federal, que avalia o perfil nutricional das crianças, apontando índices de massa corporal, obesidade, hiponutrição, entre outros.

No entanto, Adriano lamentou a baixa adesão de pais em palestras sobre vacinação das crianças, por exemplo. “O sarampo e o tétano já estiveram entre os maiores causadores de mortes. Basta uma pessoa doente para o risco de desenvolvermos a doença novamente”, alertou o vereador, destacando ainda a ausência de relação de vacinas com transtornos, como o autismo. Outro fato exemplificado ocorreu no sábado (25/05), quando estava marcado para que 27 crianças fossem atendidas no Hospital Universitário para avaliação oftalmológica e apenas duas delas compareceram à consulta. “Estamos avaliando a possibilidade de fazer um overbooking, marcando um número de pessoas além das vagas disponíveis, para não perder a oportunidade”, explicou Adriano.

Vereador e presidente da Frente, Adriano Luiz Vicente, lembrou de palestras realizadas em bairros do município, em que se verificou situações preocupantes. (Foto Divulgação CMB)

 

Outras ações também estão sendo previstas, como a reativação do Conselho Antidrogas, que além de estar parado, não conta com a participação da Secretaria Municipal de Educação. (Foto Divulgação)

 

140 focos de mosquito da dengue em Biguaçu. (Foto Divulgação CMB)

DENGUE E POLÍTICA ANTIDROGAS

Na oportunidade, o vereador Adriano, que representa a Frente Parlamentar, ainda apresentou os números atuais sobre a proliferação do mosquito aedes aegypti no Município e também em outras cidades. “Hoje, nós temos mais de 140 focos de mosquito da dengue em Biguaçu. A gente tem que se preocupar com o nosso quintal, mas também com o raio de 200 metros, que é a área que o mosquito circula. São José tem mais de 1700 focos de mosquito. Em Itapema já tem 300 casos confirmados de dengue. Nós não podemos deixar para se preocupar apenas quando tiver um caso na nossa família ou com o nosso vizinho”, destacou Adriano.

Outras ações também estão sendo previstas, como a reativação do Conselho Antidrogas, que além de estar parado, não conta com a participação da Secretaria Municipal de Educação; o retorno dos monitores nos colégios, que já foi aprovado no ano passado; e ainda está sendo avaliada, junto à Secretaria Municipal de Saúde, a criação de um ambulatório psiquiátrico infantil dentro da Educação. “As ações em saúde existem, mas talvez a maneira de chegar na população não está sendo efetiva. Vamos tentar buscar a participação das igrejas nesse processo de conscientização. Podemos fazer palestras nas igrejas, para a partir de então serem desenvolvidas as ações em cada comunidade”, disse Adriano.

Na oportunidade, o vereador Nacet Tomaz de Souza sugeriu chamar a vigilância sanitária para reuniões a respeito da dengue, pois no Município são encontradas valas abertas e até é preciso ter atenção para com a situação de água parada em cemitérios. Participaram ainda da reunião os vereadores Elson João da Silva; o vice-prefeito, Vilson Norberto Alves; o servidor Hermes de Azevedo; Edésio Zimmermann; Daniel André Costa; Mauro Iglesias; Nelson Antônio Fermiano; Fábio da Silva; Antônio de Azevedo; e assessores dos vereadores Ednei Müller Coelho, Charles Marcelino; e do vereador Adriano, Manoella Coelho Luiz. (Redação Assessoria de Imprensa).

 

https://chat.whatsapp.com/KqM4tyur0hILhDrHAnFFBB

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.