Nada contra reativar a estacionamento pago nos bairros de Biguaçu, a chamada “Área Azul” ou “Zona Azul”.

No entanto, no início desta semana, na segunda (17/06), os motoristas foram literalmente pegos de surpresa.

É que funcionários da empresa que foi contratada para explorar o serviço em questão passaram a notificar os motoristas deixando nos parabrisas de seus veículos estacionados um comunicado de “Aviso de Irregularidade”.

Nada contra esse aviso, mas espera aí. A prefeitura de Biguaçu não informou nada sobre a data de início da cobrança da Área Azul.

Sim, o povo foi pego completamente de surpresa. Como é que o prefeito Ramon, que tem gastado uma pequena fortuna em publicidade, não usou esse dinheiro para fazer uma campanha publicitária para informar a população a respeito do início das atividades da Área Azul?

Claro, a população nem sabe onde comprar os tickets. Haverá máquinas para comprar e retirar as etiquetas? Haverá aplicativo de celular que pode ser baixado e que será útil na compra de tickets?

E as perguntas não param: quais serão os estabelecimentos comerciais de Biguaçu que irão comercializar os tickets da Área Azul?

Mas a administração do prefeito Ramon pelo jeito está pior do que cego em tiroteio. Nos primeiros quatro meses de 2019, Ramon e sua irmã Karoline gastaram R$ 130 mil em publicidade, sobre a qual recusam-se a detalhar no que exatamente gastaram e em que cada parte do dinheiro foi utilizado para que tipo de publicidade.

Agora quando a publicidade mais se necessita (explicar à população quando vai começar a funcionar a Área Azul e como funcionará), aí não tem nada. Simplesmente a prefeitura não (se) comunica. Deu blecaute.

A vereadora Magali Prazeres (MDB) subiu à tribuna da sessão da câmara de segunda (17/06) registrando que ficou surpresa e achou um “absurdo” começar a fazer cobrança da Área Azul sem ter informado à população quando iniciaria o novo procedimento.

“É um descaso como todas as ações do Prefeito ultimamente”, salientou Magali.

Ramon está surpreendendo. Não faz muito tempo ele queria gastar quase R$ 1 milhão em aluguel de banheiros químicos (patentes). Se não fosse o JBFoco noticiar esse absurdo e certos vereadores protestarem na câmara, Ramon não iria cancelar esse verdadeiro abuso contra a nossa inteligência.

Poucas semanas atrás, o prefeito divulgou uma vídeo publicitário enaltecendo a educação em Biguaçu dizendo que na sua gestão foram investidos R$ 117 milhões (corrigindo: na realidade, foram R$ 181,1 milhões, segundo o Tribunal de Contas).

Nada contra, mas essa propaganda acabou virando chacota. O motivo foi simples: Biguaçu investiu uma montanha de dinheiro (tente empilhar R$ 181,1 milhões em notas de R$ 100,00 para ver a altura que chega) e esse dinheiro todo não tirar o município na última colocação do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) de 2018.

O prefeito Ramon decidiu permitir a construção de um presídio (a penitenciária camuflada) bem no perímetro urbano da cidade, um absurdo, pois não consultou a população nem a câmara municipal.

Se for enumerar os absurdos, dá um livro, mas o fato é que o governo do prefeito Ramon é de uma notória incompetência.

Tendo gasto R$ 181,1 milhões ao longo de quatro anos, Ramon não teve competência de construir uma creche sequer e não fez uma simples reforma administrativa para dinamizar seu governo.

Aliás, sua administração é o reflexo da Velha Política do empreguismo de cabos eleitorais, gastos absurdos, poucos resultados e incompetência generalizada.

E agora, o governo Ramon é tão “competente” que não teve a “competência” de fazer algo tão trivial: divulgar à população do início da Área Azul.

Haja incompetência!!!

 

Ozias Alves Jr (Editor)

E-mail: ozias@jbfoco.com.br

 

Aviso de irregularidade que irritou os biguaçuenses nesta segunda, 17 de junho de 2019. (Foto Divulgação)

 

Placa da Área Azul  Prefeitura não informou o início das operações dessa cobrança População pega de surpresa. (Foto JBFoco)

 

Magali Prazeres: indignação. (Foto Divulgação)

 

https://chat.whatsapp.com/KqM4tyur0hILhDrHAnFFBB

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.