Publicidade

A prefeitura de Biguaçu teria de disponibilizar de psicólogos para atuarem nos velórios da Casa Mortuária do cemitério do Fundos para atender familiares do morto, conforme a reivindicação do requerimento nº 14/2019 apresentado pela vereadora Salete Cardoso?

O assunto acabou gerando polêmica nas redes sociais. Esse requerimento foi mencionado em 14 de maio último quando a câmara de Biguaçu promoveu uma audiência pública para discutir a situação dos cemitérios do município.

Como se diz na gíria, a situação literalmente está pela hora da morte. Os cemitérios estão superlotados, sem falar de outros problemas como falta de manutenção, invasão por vândalos e, no caso do cemitério dos Fundos, a “inteligência rara” de sepultamentos em cima das vias de acesso, ou seja, o público, além de não saber onde estão os túmulos, pois não há numeração e de quadras sinalizadas, precisa andar por cima das sepulturas, enfim, uma bela bagunça.

A vereadora Salete reivindica, além dos psicólogos, ar condicionados e a “separação do ambiente do velório e do lanche” (???), além de cadeiras melhores.

Bom! A população, pelo que se pode perceber nas manifestações das redes sociais, não é o poder público fazer certas obras para tentar resolver o problema da superlotação dos cemitérios. Afinal de contas, qual é a família que não tem entes queridos sepultados? Ninguém quer visitar o túmulo de seu ente querido num cemitério cheio de mato, lixo e sinais de violação por parte de vândalos.

Mas o público está mais consciente com relação aos gastos públicos. A proposta de se contratar psicólogos acabou sendo considerada uma extravagância, ou seja, para a população, que paga impostos, quanto mais “serviços” forem ofertados pela prefeitura ou pelo estado e governo federal, mais dinheiro público extraído dos impostos será gasto.

É interessante. A população está ficando mais esperta. Afinal de contas, não aguenta mais estar pagando impostos por serviços públicos que muitas vezes estão a desejar.

Aqui uma coletânea das manifestações que a matéria de capa da edição de terça (11/06) acabou gerando:

 

 

  • Luiz Fernando Duarte Vamos desviar mais um pouco né. Mas que anjo de luz é esta vereadora,…👏👏👏👏

 

  • Angelita Marques Querem come mais dinheiro do povo vão arruma escola ponte bota dinheiro na saude educação.

 

  • Angelita Marques Aqui no Saveiro a ponte de madeira ta cheia de buracos desde a última enchente que teve aqui e ninguém da prefeitura veio aqui cade nossos impostos cambada.

 

 

  • Val Weber Velório é lugar de família, um momento que temos que passar com a força que Deus nos dá.

 

  • Cezar Pastorello Eles tem que trabalhar para melhorar escala creche ruas a saúde nem se fala.

 

 

  • Izabel Dutra A gente ve e escuta cada coisa q olha vão cuidar da saúde.

 

  • Nilton Duarte Siqueira Falou tudo meu amigo….

 

  • Marcelite Silva Eles tem que se preocupar é com a saúde, colocar pessoas qualificadas para atender nos postos, upa, etc e, não quer colocar atendimento psicológico nos funerais. Coloquem mais profissionais para atender nos postos de saúde tem muita gente ( criança )precisando desse serviço. Chorar pela perda de um ente querido é normal… Ninguém quer perder a pessoa, ainda mais se é um parente.

 

  • André José Jede Padua Marcelite Silva no mínimo deve ser parente dessa Vereadora a psicóloga.

 

  • Eder Naif Moura ….POE MAIS PROFESSORES NAS ESCOLAS , MAIS TEC. DE ENFERMAGEM NOS POSTOS DE SAÚDE E UPAS, MÉDICOS E MATERIAIS DE INSUMOS E EQUIPAMENTOS DE EXAMES JÁ ESTARIA ÓTIMO…

 

  • Israel Souza Pereira As pessoas tem que chorar, esse momento é delas, isso é natural que aconteça. Psicóloga é pra pós velório, pós enterro. É com o passar do tempo se a pessoa aprendeu ou não com a dor da perca.

 

 

  • Vilson Sodré Era só o que faltava eles tem é que se preocupar com a saúde e educação que está uma verdadeira vergonha sem falar na falta de manutenção nas estradas de Biguaçu a rua 13 de maio então está em pleno abandono quem está precisando de psicólogo são eles.

 

  • Ana Paula Silveira Ja não tem psicóloga nas unidades de saúde.. coisa pra inglês vê 🤦🏻‍♀️🤦🏻‍♀️🤦🏻‍♀

 

 

  • Patrícia Peppler Só me faltava essa 😠

 

  • Bel Bel Da um tem tempo.

 

 

  • Luiz Lopes Tem coisas mais importantes.

 

  • Joceli Coan Piada, eles tem é que se preocupar, com a manutençao dos cemitérios e das casas mortuárias. E pensar urgentemente em um crematório municipal.

 

  • Oscar Luz E mais uma turma da apradinhados.

 

  • Rafael Michele Chega a ser cômico! Tanta coisa pra se preocupar ….

 

  • Liliana Arlindo José Junckes Eles tem que se preoparem e com saúde ta uma merda os atendimentos das upa e dos postos de saúde.

 

  • Mateus Costa. “Salete Cardoso os comentários estão relacionados a matéria do jornal que fala em contratação de psicólogo . O que não vejo necessidade. Quanto um auxílio financeiro para pessoas carentes isto sim é importante”.

 

  • Juliano Grassi. “Tá de brincadeira Salete Cardoso”.

 

Cemitério do Fundos, Biguaçu. (Foto Arquivo JBFoco)

 

https://chat.whatsapp.com/KqM4tyur0hILhDrHAnFFBB

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade