Publicidade

Transcrevemos a notícia: “Manifestação contra o uso de cerol e linha chilena será realizada no próximo domingo (28/07). A concentração será a partir das 8h com previsão de saída às 9h do Koxixos da Beira mar, saindo da ilha em direção à avenida Ivo Silveira e parando na marginal em frente ao Big e Havan.

Trajeto: saída do koxixos, seguindo pela beira-mar Norte, acesso a ponte Colombo Salles, ponte Colombo Salles, saída da ponte para Ivo Silveira, Ivo Silveira até a altura do Angeloni Capoeiras, acesso à via marginal da BR 282 com parada de 30 minutos na na Havan e Big capoeiras, a saída de acesso para a BR 282 sentido SJ

Convidamos todos os motociclistas, triciclistas e simpatizantes a participarem neste grande manifesto em prol da vida de quem anda em duas ou três rodas e até mesmo os corredores de maratona ou praticante de qualquer esporte de rua que estará se ajeitando a ter um CEROL em seu corpo”.

Parabéns pela mobilização. É isto mesmo. Chega de acomodação, incompetência, falta de fiscalização, ação, planejamento etc e tal.

Pois vejamos. O problema do cerol, que fez uma vítima fatal no sábado (20/07) com uma motociclista na Via Expressa, não é de hoje. Trata-se de um problema que já vem de mais de duas décadas.

O interessante é o seguinte: a incompetência completa do poder público nas esferas municipais e estaduais. As prefeituras e governo do Estado não conseguem elaborar um plano de ação eficiente para fiscalizar a venda ilegal de cerol e linha chilena.

Por outro lado, não articula algum tipo de ação para apreender as pipas com linhas embebidas de cerol.

É verdade serem geralmente crianças as que soltam pipas com esse tipo de material, mas nada impede que estas, flagradas com cerol, sejam conduzidas a conselhos tutelares ou a delegacias para que seus pais ou responsáveis as busquem, ocasião na qual seria assinado um termo de responsabilidade. Em caso de reincidência, os pais pagariam multa.

Se nos últimos 10 anos houvesse fiscalização firme, se nas escolas tivesse havido palestras explicativas, se as associações de bairro fossem mobilizadas para fiscalizar o uso do cerol, se alternativas de lazer fossem oferecidas em comunidades carentes para fazer com que crianças trocassem a pipa por outras diversões, talvez não teríamos tido a triste tragédia de Josiane Marques, 34, a publicitária que morreu ao ser atingida no pescoço por uma linha com cerol quando ela trafegava de moto na Via Expressa, na altura da favela Chico Mendes.

Quem foi o responsável? Certamente uma criança. Se for identificada, não há como puni-la a não ser que o pai dela venha a responder por “homicídio doloso”, aquele em que não se tem objetivo de matar, mas é problemático, pois não há como provar se o pai foi convivente com o fato do filho usar cerol na linha da pipa.

Bom! A morte da motociclista Josiane Marques tem tudo para ser mais outra morte estúpida provocada pela irresponsabilidade alheia e que será impune, isto é, o(s) culpado(s) não ser(ão) preso(s) nem julgado(s).

Parabéns aos organizadores do protesto do próximo domingo (28/07). Mas não se limitem a esse único protesto. Pelo menos, promovam vários ao longo dos próximos meses. Quem sabem fechem a ponte, façam barulho, produzam longas reportagens nos telejornais para pressionar as autoridades a agir de uma vez por todas.

A Via Expressa é das rodovias da Grande Florianópolis com grande tráfego de motociclistas, muitos dos quais trabalhadores de tele entrega.

Não é preciso dizer que trafegar de moto na Via Expressa é como brincar de roleta russa devido à presença de comunidades pobres no local e da quantidade impressionante de pipas, principal lazer das crianças e adolescentes locais.

Se nada for feito, certamente haverá mais outra morte de motociclista na região nos próximos meses.

Por isso, o protesto tem de ser constante. Não pode limitar-se a apenas um. Se for apenas um, vai acontecer o que sempre acontece: o esquecimento até que outra tragédia reacende a discussão.

Ozias Alves Jr (Editor)

E-mail: reportagemjbfoco@gmail.com.

 

Divulgação do protesto contra o Cerol. (Foto Divulgação)
Local da manifestação. (Foto Divulgação)

 

https://chat.whatsapp.com/FPjwOITgOdo9LQnZAJprNs

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

LINK – JBFOCO GRATUITO

Publicidade