Publicidade

Aqui na foto tirada em 1968 e mostra os amigos Jorge Luiz Jorge, Alcino dos Santos, Pedro Paulo dos Santos, Antonio Martendal, Julio Rudiger Neto, Edson Virissimo, Moacir Pedro Nunes, Luiz Campos e José Alberto. Arquivo Julio Rudiger.

Eles estão em frente do “caramanchão”, que existia antigamente no meio da praça Nereu Ramos.

O que é “caramanchão”? Trata-se de uma espécie de “capelinha” (se é que a palavra seja adequada) coberta de plantas trepadeiras e flores.

No “Hino a Biguaçu”, o finado Netinho Borba, o seresteiro da cidade, referiu-se a esse caramanchão muito frequentado pelos casais de namorados.

 

Amigos biguaçenses em 1968. (Foto Divulgação)
Publicidade