Publicidade

Na quarta-feira desta semana (06/11), uma família inteira foi encontrada morta dentro do apartamento em Chapecó. Eram os corpos de Michael Ribeiro Lopes de Gois, de 32 anos, de sua esposa, Eliane Mayeski de Gois, de 27 anos, e da filhinha do casal, Elisa Mayeski de Gois, de apenas 3 anos.

O que chamou a atenção foi dois detalhes: o primeiro foi que a mulher e a criança morreram com tiro na cabeça e das costas respectivamente. O segundo foi que ao lado do corpo de Michael, estava um revólver 38.

Foi encontrada uma carta escrita por Michael dando suas justificativas para ato tão extremo.

 

Michael, esposa Eliane e a filhinha Elisa. Tragédia de Chapecó. (Foto Redes Sociais)

 

Carta deixada por Michael justificando o ato. (Foto Divulgação Facebook)

 

Jornais em Foco – Sexta-feira (08/11/2019)

 

https://chat.whatsapp.com/invite/Lt0gdEGjQiYAvavsWLeuTf

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade