BOM DIA

Tiago e Roberta. (Foto Divulgação)

 

Nosso bom dia desta sexta-feira, vai para os recém casados, Tiago e Roberta. Meus sobrinhos. Estão passado a lua de mel em Paris. Daqui de Floripa deixo meu carinho e meu desejo de tudo de bom na vida de vocês. Beijos!

BILIONÁRIO

Mexicano vai investir 11 Bilhões por ano no Brasil. O filho de Carlos Slim disse que sem contar com a compra da Nextel, estes investimentos começam em 2020. Enquanto isso o presidiário liberto por libertinagem de Toffoli diz para o Congresso ter juízo sobre a volta da prisão em segunda instância. O corrupto quer ganhar no grito.

 

 

FERRAMENTAS DIGITAIS NA BLACK FRIDAY

 

Por Glaucia Hora*

 

As ferramentas digitais possuem um papel fundamental para ajudar as empresas a criar campanhas de marketing na forma 360º, ou seja, campanhas que alcancem os clientes em diferentes canais de comunicação, como SMS marketing, e-mail, notificações de push, Facebook Messenger e WhatsApp Business. Ter uma estratégia no meio digital durante a Black Friday é fundamental, porque esses canais têm um papel decisivo nas vendas.

Das pessoas que compram na data, 82% o fazem on-line, segundo levantamento do Google sobre a Black Friday. O meio digital também ajuda nas compras off-line, porque, antes de comprar por meios físicos, os consumidores pesquisam na internet para complementar as compras feitas nas lojas físicas, gerando uma experiência multicanal. As ferramentas digitais podem ser usadas para rastreamento de produtos, atendimento ao cliente, envio de vouchers promocionais, anúncios de ofertas, campanhas de engajamento e envio de informações transacionais.

O grande diferencial da Black Friday é a gama de ofertas e condições especiais que o mercado oferece nesse período. Com isso, os sites de busca são os primeiros motivadores de compra, seguidos pelas mídias sociais. Só o Facebook representou 53% das compras em e-commerce no primeiro semestre. Já o Instagram representa 32% dos motivadores de compra. Outro canal que vem crescendo anualmente é o WhatsApp Business, cujo alcance é de 1,5 bilhão de pessoas ativas no mundo. No Brasil, segundo o estudo Panorama de Mensageria, publicado em agosto, 98% dos smartphones brasileiros têm o aplicativo instalado.

O WhatsApp Business é um canal de comunicação que veio para complementar, e não substituir os outros serviços. Por se tratar de um aplicativo de mensageria muito usado pelos brasileiros, as marcas podem aproveitar essa vantagem para interagir com os seus clientes em um canal de sua preferência. Vale ressaltar que as empresas devem procurar um provedor oficial do WhatsApp Business para, assim, garantir a segurança na troca de mensagens.

Uma tendência no mercado digital que vem ganhando força é a compra por meio de assistentes de voz, gerando um novo cenário de vendas cruzadas, uma variedade ilimitada e uma visibilidade reduzida, o que permite um conhecimento do consumidor por meio do seu rastro digital, segundo relatório da consultoria Ebit. Esse comportamento tende a crescer no Brasil, uma vez que os assistentes de voz estão entrando no mercado agora.

Em suma, pelos meios digitais, é possível oferecer ao consumidor uma variedade muito grande de produtos, e fica mais fácil para as empresas gerar uma necessidade de compra, devido à infinidade de produtos que podem ser oferecidos no mundo digital. Nesta época de Black Friday, os varejistas precisam desenvolver suas campanhas de marketing pensando no mobile first ou mobile only, já que 43% das vendas em e-commerce são feitas via dispositivos móveis. Por esse motivo, é necessário desenhar uma boa experiência de navegação com simplicidade e agilidade.

 

*Glaucia Hora é especialista de marketing da Infobip, uma das maiores plataformas próprias de mensageria e comunicação do mundo, com uma receita anual de US$ 430 milhões.

 

MORADIAS NA PRÓXIMA DÉCADA

 

Por Joaquim Venancio

 

Como você imagina a sua casa nos próximos anos? Quais inovações poderiam tornar a vida em condomínio mais prática e segura? Baseando-se nessas perguntas podemos avaliar as tendências para a vida em condomínios e as inovações residenciais que estarão disponíveis para os próximos anos.

Uma ótima análise foi publicada pelo jornal britânico Financial Times, que avaliou como serão as residências e o mercado residencial a partir da década de 2020. Para a publicação, a tecnologia terá um papel importantíssimo nesse mercado daqui para a frente.

Para nós, as tendências tecnológicas no futuro estão menos voltadas para a realidade de automação, drones e robôs e muito relacionadas a adaptação às necessidades mais básicas do usuário, como: economia compartilhada, segurança, praticidade e sustentabilidade ao extremo.

Uma das mais importantes novidades, nesse caso, está relacionada a segurança e se trata da adequação a Lei Geral de Proteção de dados (LGPD), que tem o intuito de proteger os dados do usuário em uma época em que eles se tornam mais e mais importantes. Nesse sentido, empresas de soluções para condomínios e residências – portarias remotas, administradoras digitais e interfones virtuais – passarão a armazenar seus dados em nuvens e sistemas muito protegidos, além de limitar muito o acesso dos seus funcionários às informações de moradores e visitantes.

Outra questão importante e que deve atingir a vida nos condôminos e moradores de residências de forma profunda é a lógica da economia compartilhada. E aqui não estamos apenas falando de apps para aluguel ou compra de residências. Acreditamos que a partir de 2020, os condomínios entrarão em uma nova era em relação a esse tipo de prática.

Estamos falando aqui de cada vez mais compartilharmos espaços para reduzir custos, como em lavanderias compartilhadas, por exemplo, que já estão chegando aos novos prédios construídos no Brasil. Espaços de lazer, compartilhamento de vagas e veículos autônomos dentro dos próprios edifícios também serão opções procuradas daqui para frente.

A sustentabilidade também será um dos grandes pilares do futuro. Indicadores de mercado mostram que eles estarão cada vez mais preocupados com a questão nos locais onde vivem e entenderão as soluções tecnológicas como grandes aliadas no controle de consumo de água e energia, coleta e reaproveitamento de lixo de forma mais prática e eficiente, tornando o consumo cada vez mais consciente.

Com essa nova realidade, surgem também novos desafios. Ao nosso ver, o principal é criar condições para alinhar as inovações das residências e condomínios com a comunidade. É preciso preparar as grandes cidades para essa tendência. E não apenas no que diz respeito a infraestrutura, mas também a qualificação de pessoal. Os profissionais envolvidos nesse ecossistema precisam estar prontos para lidar com as inovações. Caso contrário, nadarão contra a maré!

HOJE 

Marquinhos Filipe. (Foto Divulgação)

 

É dia da Música e do músico. Deixo aqui meu abraço e meu carinho a todos os músicos que fazem da canção a mais bela expressão dos sentimentos. Meu abraço em especial para o nosso Marquinhos Filipe, que é presença sempre no Empório Leomar no bairro Capoeiras.

 

AS

Imundícies da oposição querem barrar votação da segunda instância. Mais cedo ou mais tarde vai passar e este criminosos vão para cadeia.

DICA

Apto de 1 dormitório semimobiliado com garagem no centro de Floripa na avenida Hercílio Luz.  Tratar com Vânio Ribeiro (48) 99972-6434. Valro R$ 290.000,00 Quitado.

 

FRASE

 

” Eu gostaria de viver como um pobre, mas com muito dinheiro.” Pablo Picasso

 

LEITURA

UM SONHO DE LIBERDADE – Rita Hayworth and Shawshank Redemption. Livro que se tornou um filme maravilhoso.

 

ABRAÇOS

Coluna Opinião Formada – Walter Lemos Filho – E-mail: walterlemos1961@gmail.com

 

Jornais em Foco – Quinta-feira (21/11/2019)

 

https://chat.whatsapp.com/invite/Lt0gdEGjQiYAvavsWLeuTf

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.