Publicidade

O caso aconteceu numa escola em Ponto Marambaia, um vilarejo da zona rural de Caraí, município do Vale do Jequitinhonha, norte de Minas Gerais.

Era manhã da última quinta-feira (07/11) quando um estudante invadiu a escola pública local, a Orlando Ravares, e atirou os alunos ali presentes. Ninguém morreu, mas dois adolescentes ficaram feridos.

O estudante de 2º grau do ensino médio daquele colégio estava meio exaltado e queria entrar de qualquer jeito na sala de aula. A “turma do Deixa Disso” percebeu que ele estava armado.

No empurra-empurra, o estudante sacou a arma e passou a disparar. Dois estudantes acabaram atingidos.

 

NOTA DA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MG

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) informa que a equipe da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Teófilo Otoni está na Escola Estadual Orlando Tavares, localizada no distrito de Ponto do Marambaia, em Caraí, para apurar a situação ocorrida na escola na manhã desta quinta-feira (07/11) e dar todo o apoio e auxílio à direção da unidade escolar, à comunidade escolar e às famílias dos dois alunos feridos na ocorrência.

De acordo com a direção da unidade, os dois tiros foram disparados por um aluno da instituição que não estava presente hoje às aulas, pulou o muro da escola armado e efetuou os disparos. A direção da escola acionou a Polícia Militar imediatamente e os dois alunos feridos foram levados para o hospital. Representantes da SRE acompanham a situação dos alunos no hospital. A direção esclarece, ainda, que todas as informações necessárias estão sendo passadas para os órgãos competentes que farão a investigação e apuração do caso.”

 

Jornais em Foco – Sexta-feira (08/11/2019)

 

https://chat.whatsapp.com/invite/Lt0gdEGjQiYAvavsWLeuTf

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade