Publicidade
O Hospital Baía Sul, no centro de Florianópolis, recebe no sábado (07/12) evento sobre o tratamento minimamente invasivo de pacientes que sofrem com crises provocadas por cálculos renais. O evento é voltado para médicos urologistas.
Segundo estimativas, de 8 a 10 em cada 100 pessoas enfrentam pelo menos uma ocorrência  ao longo da vida. “As crises ocorrem quando os cálculos bloqueiam total ou parcialmente o canal do ureter (ligação entre o rim e a bexiga por onde passa a urina) ou quando há cálculos maiores dentro do rim. Elas são muito intensas e o paciente imediatamente começa a sentir dor, o que torna importante o tratamento rápido e minimamente invasivo”, explica o urologista Henrique Peres Rocha. Além da dor, a crise de cálculo renal pode provocar sintomas como sangue na urina, náusea, vômitos e febre.
Segundo Peres, hoje a retirada do cálculo do ureter ou do rim é feita com auxílio de câmeras flexíveis de alta definição e uso de laser e pinças especiais. Todo o material cirúrgico é bastante delicado e fino, possibilitando o uso sem cortes no paciente e agressões mínimas ao sistema urinário com menos riscos de complicações e curta internação (geralmente 8 a 12 horas de recuperação).
O histórico familiar está associado ao surgimento dos cálculos. Mas há diversos hábitos de vida relacionados ao aparecimento da doença: ingestão de pouca água; alimentação com excesso de sódio; grande consumo de proteínas (carne, por exemplo), e infecções urinárias frequentes.
Os tratamentos avançaram de forma significativa ao longo dos anos. Antigamente as cirurgias eram abertas e complexas. Depois passou a ser usada a litotripsia (quebra dos cálculos com uso de ondas mecânicas) que hoje também perde espaço. Os procedimentos minimamente invasivos (ureterorrenolitotripsia flexível) garantem recuperação mais rápida e menos dor no pós operatório.
A prevenção pode ser feita com mudanças simples de hábitos. Alguns cuidados básicos para a preservação da saúde dos rins:
Pratique exercícios físicos regulares;
Evite o consumo excessivo de sal, carne vermelha e gorduras;
Controle o peso, a pressão arterial e os níveis de colesterol e glicose;
Não fume;
Não abuse de bebida alcoólica;
Mantenha-se hidratado adequadamente
http://jbfoco.com.br/produto/jornais-em-foco-sexta-feira-06-12-2019/
Publicidade