Publicidade

Na noite de terça (10/11), por volta das 23h40, populares flagraram um homem em pleno ato de estupro a uma moça nas proximidades do “Parque das Águas”, bairro Perequê, em Porto Belo, litoral norte do estado.

Antes de ser entregue à polícia, o estuprador, que é natural de Balneário Camboriú, levou uma surra dos populares. Ainda bem que não o mataram. Se isso acontecesse, os “justiceiros” acabariam respondendo por assassinato porque a lei brasileira não dá o direito da “Justiça pelas próprias mãos e por indignação”.

A vítima tinha 20 anos de idade e foi encaminhada ao IGP para o exame de corpo delito, documento este que será utilizado no processo contra o estuprador.

E sobre o estuprador, tudo indica que o cidadão não é um “pé de chinelo”. Pelo contrário, é um “engravatado”, talvez assessor político. Seu nome não foi divulgado por motivos óbvios.

 

 

Estuprador preso em Porto Belo. (Foto Divulgação)

 

Jornais em Foco – Terça-feira (10/12/2019)

 

Publicidade