Publicidade

O caso aconteceu na manhã de terça (14/01/2020) em Palhoça. Um carinha não parou seu Ford Fiesta quando policiais rodoviários federais o abordaram na BR-101 em Palhoça.

O cidadão colocou o pé na tábua, mas não foi longe. Acabou cercado dois quilômetros adiante.

E na vistoria do que tinha dentro do fiesta, os políticos descobriram que o motorista estava transportado 112 litros de whisky e outros 117 de outras bebidas alcoólicas, tudo procedente do Uruguai.

O cara não tinha nota fiscal e muito menos “desembarço aduaneiro”, isto é, algum documento que comprovasse que passou pela aduana brasileira e pegou os impostos de importação. Sim, as bebidas são uruguaias e, para circularem no Brasil, precisam ser registradas na aduana e os impostos pagos.

O motorista foi autuado como contrabandista.

 

Bebidas apreendidas. (Foto PRF Divulgação)

 

Feijoada do Décio 2020. (Foto Divulgação)

 

Jornais em Foco – Quarta-feira (15/01/2020)

Publicidade