Publicidade

A tragédia aconteceu em dezembro passado em Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais.

Wender Santos Bezerra, 13, levou um choque elétrico exatamente no momento em que colocava o celular para carregar na tomada.

Sim, ele morreu num simples gesto que milhões de pessoas fazem atualmente todo santo dia: colocar seu celular para carregar.

Mas no caso de Wender, parece que houve um detalhe crucial, que não foi registrado no boletim de ocorrência, segundo o jornal Estado de Minas. Quando colocou o celular na tomada, ele estava usando fone de ouvido e este estava acoplado ao aparelho. Quer dizer, quando colocou na tomada, o fone de ouvido conduziu a corrente elétrica e a tragédia consumou-se.

O caso de Wender não é “raridade”. Segundo pesquisa da Abrocopel (Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade), há houve 23 mortes por acidentes provocados pelo uso de celulares.

A regra número 1: nunca coloque um aparelho celular para carregar usando ao mesmo tempo o fone de ouvido acoplado ao aparelho.

 

Wender Santos Bezerra. (Foto Redes Sociais)

 

Jornais em Foco – Terça-feira (07/01/2020)

Publicidade