Publicidade

É apenas um simples café. Pode ser na Panificadora Marilú ou na Doce Pão ou em qualquer outra em qualquer bairro de Biguaçu. O local não importa. Importa é que o café esteja fresco.

No cardápio, o vereador Salmir da Silva (MDB), hoje cogitado para ser candidato a prefeito ou vice pelo seu partido, quer conversar com o Coronel Heriberto Peres a respeito das eleições de outubro de 2020.

Vale lembrar que Salmir não está negociando uma coligação com Peres nem está autorizado a fechar acordos. É apenas um café e uma boa conversa sobre política.

É claro que o MDB, que possui 25% do eleitorado biguaçuense (pode chover até canivete, mas o MDB biguaçuense nunca tem menos de 25% de qualquer votação em Biguaçu) quer aliados e o partido pensa estrategicamente como um tabuleiro de xadrez.

Mas repetindo: é apenas um café de ideias. Estabelecer coligações não são estabelecidos num café, mas, ao longo do primeiro semestre de 2020, é claro que, após várias rodadas de conversações, muito café rolará nas xícaras dos presidentes de partidos para definir quais serão as coligações que irão enfrentar as eleições de outubro de 2020 em Biguaçu.

 

Salmir da Silva (Foto Arquivo JBFoco)
Heriberto Peres. (Foto Arquivo JBFoco)

 

 

Jornais em Foco – Terça-feira (24/12/2019) – Especial Natal

 

Publicidade