Publicidade

O IGP (Instituto Geral de Perícias) promoveu uma fiscalização de caminhões nesta sexta (14/02/2020) no posto da polícia rodoviária federal (PRF) em Biguaçu. Na ocasião, cinco caminhões foram parados e o que os fiscais descobriram? Que três deles estavam com problemas nos motores, ou seja, estavam expedindo gases poluentes acima do mínimo permitido.

Os fiscais descobriram que os caminhoneiros estavam usando um tipo de óleo diesel proibido, que é mais barato, porém é mais poluidor. Em palavras populares, trata-se de um óleo “vagabundo” que é proibido.

Os motoristas foram conduzidos para a delegacia de polícia civil de Biguaçu e foram multados.

 

 

 

Publicidade