Publicidade

Um empresário de Biguaçu enviou a seguinte carta: “O governo federal lançou portaria conjunta N 555 que fala sobre o conceder as certidões negativas a empresas por 90 dias.

Significa na prática que as empresas mesmo não pagando os tributos federais terá a certidão disponível.

Significa também que as empresas poderão pegar empréstimo em bancos e participar de licitações etc.

Ficha limpa no popular,  mas não temos está garantia do governo estadual e não temos nenhuma medida impedindo que as empresas privadas protestem suas duplicatas por atraso no cartório de títulos e protestos,  e sabemos que já está rodando no mercado pedido de prorrogação de títulos a pagar e muitas empresas podem não aceitar e outras o título já vai para protesto automático;

E ainda podemos colocar inadimplentes diretamente no Serasa,  um produto que se chama Pefin.

Então sugiro que precisamos reivindicar juntos aos órgãos municipais, estaduais e privados,  impedindo que qualquer empresa fique suja perante os órgãos durante um período,  dando tempo para todos se organizarem e negociarem suas despesas, pois, caso contrário, ficará difícil de buscar grana no sistema financeiro,  e as empresas que já estão com dificuldade.

Ficará prior,  pois ainda terão que pagar despesas de cartório para retirar de protestos,  que custa em média R$ 100,00 por baixa de títulos. Quem vai ganhar grana?  Cartórios de títulos e protestos.

Precisamos correr para sair alguma medida favorável a todos,  o que podemos fazer?

 

ANUNCIAR NOS JORNAIS EM FOCO É A CERTEZA DE ATINGIR O SEU ALVOCor

 

Publicidade