Publicidade

A Veigamed, empresa que está no “olho do furacão” da polêmica dos respiradores artificiais, informa que os primeiros 50 respiradores compradores pelo governo de Santa Catarina deverão chegar no próximo sábado (09/05/2020).

A empresa observa que os próximos lotes serão anunciados. Ao todo, são 200 respiradores comprados com pagamento adiantado, o que provocou toda a polêmica atual envolvendo ex-secretário de saúde com o secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba.

De acordo com a Veigamed, devido à pandemia de Covid-19, está havendo uma série de imprevistos no comércio internacional, entre os quais maior burocracia para o despacho de mercadorias na China, o que, segundo a empresa, atrasou o envio dos respiradores comprados lá.

A empresa pivô da crise dos respiradores salienta que deverá entregar todos os 200 respiradores, porém não pode adiantar as datas das próximas três entregas, que serão de 50 por lote até totalizar os 200. Segundo a direção da empresa, o problema está nas autoridades alfandegárias chinesas.

E finalmente, a Veigamed salientou que tem 22 anos de experiência no ramo de importação e comercialização de produtos médicos e salientou que a confusão toda ocorreu porque houve a demora da China para entregar os produtos.

 

https://chat.whatsapp.com/FPjwOITgOdo9LQnZAJprNs

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

 

 

Publicidade