Publicidade

Como diz o ditado, “quanto mais mexe, mais fede”. Em depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Assembleia Legislativa com o objetivo de investigar o Escândalo dos Respiradores, o controlador geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira, disse: “nós identificamos a questão do roubo”.

O contexto do interrogatório: o deputado João Amin tinha perguntado se o ex-secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, havia coagido Luiz Ferreira a dar algum aval positivo para comprar os 200 respiradores da Veigamed.

Perguntou Amin: “ Isso é grave. O que o governador Moisés recomendou ao senhor quando relatou a ele esse grave fato? O senhor tinha ciência dos problemas relacionados com a compra dos 200 respiradores?”

O controlador do estado respondeu assim: “Nós identificamos a questão do roubo”.

Mais detalhes, veja o vídeo em anexo:

 

VÍDEO

 

 

https://chat.whatsapp.com/CwLeRbK861A1Ks6fButk29

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade