Publicidade

Leonídio Zimmermann

E-mail: leonidio.str@gmail.com

Ich hon di lantvirtchaft um di Baueren gehat wi mayne cvaite  familich. Ich habe gechaft mit muht. Ich ferlangen an di zayt wo ich und das Secretária Eliete sint di kolonisten sint besuhen mit froyde mit mier ist gangen.

Das wr ayne froyde gewest ich danken filmalz fier das Eliete was mit ist gangen. Das ganses yar sint mier formithaks rum gangen di baueren besuhen un nachmitaks hon mier im Sindikat gechaft.

Wen es hoyte wider ales anfenken mit di selvigen Secretárien, did ich wider anfenken. Aber ich wel noch im Sindikat chafen solam wi der liben Got mier leben und gesunhayt gipt.

 

Iberzetsung/ Tradução:

Eu considerava o Sindicato,minha segunda família. Que saudade eu tenho daquele tempo em que eu e a  Eliete começamos a visitar  os agricultores para aumentar o número de sócios, tanto os que deixaram de pagar por muito tempo e novos sócios  que ainda não eram associados.

Por isso devo muita gratidão à secretária Eliete, que não media sacrifício para trabalhar em benefício do nosso agricultor. Se fosse para hoje começar tudo de novo, eu começaria, mas com as mesmas secretárias. Mas  com esta idade que tenho, eu ainda pretendo continuar enquanto Deus me der vida e saúde.

(*) Leonídio Zimmermann, 91, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Biguaçu (Sintrarubi), escreve em hunsrik, como é chamado o alemão nativo da comarca de Biguaçu.

 

https://chat.whatsapp.com/D7vhA0aRnv1AwiF51xznxl

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade