Publicidade

Se o número de contaminados pela Covid-19 não baixar, Biguaçu poderá ter um segundo “lockdown”, isto é, fechamento do comércio e outras medidas restritivas com o objetivo de tentar reduzir a onda de contaminação.

É o que se pode concluir nas entrelinhas quando o prefeito Ramon Wollinger (PSD), em entrevista à rádio CBN na sexta (16/10/2020), disse: “eu vou ter que tomar uma providência”.

Os casos de covid-19 estavam decrescendo em setembro, mas agora em outubro, o gráfico da contaminação voltou a crescer com o aparecimento de novos infectados pela doença.

Em setembro deste ano, foram realizados 367 testes RT-PCR em moradores de Biguaçu. Porém, só na primeira quinzena deste mês de outubro, o número de testes saltou para 430, o que acendeu o sinal vermelho na secretaria de saúde de Biguaçu.

Para o prefeito, o aumento do número de casos deve-se ao fato de que a população está circulando mais. Em suma, as contaminações estariam acontecendo porque muita gente não está usando máscaras nem tomando cuidados básicos na higienização das mãos, sem falar das aglomerações.

Além disso, Ramon alegou que o período eleitoral vem contribuindo para a disseminação da covid-19 por causa dos candidatos tendo que fazer o “corpo a corpo” com os eleitores, ou seja, tendo de visitar as casas dos eleitores para pedir votos.

Ramon alegou que fechar o comércio é “preocupante” porque a economia em geral foi seriamente abalada pela crise. “Mas a saúde e a vida vêm em primeiro lugar”, alegou.

Porém não disse abertamente se irá ou não decretar novo lockdown. Disse aparece que as escolas não deverão abrir as portas se o gráfico dos novos casos da doença não baixar.

A última morte provocada pela covid-19 foi registrada em 29 de setembro último. Foi a 34ª  vítima entre moradores de Biguaçu. Até o presente momento, estão confirmados 2.316 infectados pela doença no município.

 

https://chat.whatsapp.com/D7vhA0aRnv1AwiF51xznxl

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade