Ao autorizar crédito suplementar de R$ 190 mil à Exponáutica 2009, um evento de exposição náutica que era realizada na cidade, o ex-prefeito de Biguaçu, José Castelo Deschamps, e seu então secretário municipal de Cultura, Esporte, Turismo e Saúde, Douglas Borba, acabaram sendo sentenciados a se tornarem inelegíveis por oito anos.

Mais detalhes sobre o caso, leia a sentença no PDF em anexo:

PROCESSO __ 310008510014 – eproc – __

Castelo. (Foto Ozias Alves Jr)

 

Douglas Borba. (Foto ADI-SC)

https://chat.whatsapp.com/D7vhA0aRnv1AwiF51xznxl

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.