A vereadora Luciana Espíndula (MDB) foi procurada pela comunidade de Penha, interior do município de Paulo Lopes com o objetivo de pedir a ela que interceda, junto à prefeitura local, por uma solução para a questão da água naquela comunidade.

É que ultimamente o abastecimento de água na região vem sendo problemática. Ora tem água, ora não, ora está “ok”, ora está apenas um fio d´água etc.

Parte do município de Paulo Lopes é abastecida pela Casan e outras têm sistemas próprios de captação de água em nascentes de morros. A comunidade de Morro do Freitas é outra dessas comunidades abastecidas com sistema próprio.

Sobre a possibilidade da Casan assumir o abastecimento, as comunidades não querem. Preferem a captação comunitária administrada pela prefeitura. Mas pedem melhorias.

De acordo com a vereadora, na região de Penha há falta de tubulação. Por isso, em fevereiro, quando começar as sessões da Câmara de Paulo Lopes, Luciana vai subir a tribuna para falar a respeito da água das comunidades de Penha e Morro do Freitas.

Na região específica de Morro do Freitas, Luciana irá elogiar a tubulação que lá foi instalada viabilizada por emenda parlamentar de um deputado, porém ela pedirá algumas melhorias locais que ela está fazendo o levantamento.

E para finalizar, a vereador informa que também está na luta por um micro-ônibus para a Apae de Paulo Lopes.

 

Luciana Espindula (MDB), reivindicações. (Foto CMPL)

 

https://chat.whatsapp.com/KGHnAVR0IDg76hT4dBMrAX

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.