Publicidade

“Iniciamos o dia de hoje sem leitos para COVID; os 10 leitos de UTI estão ocupados e todos os leitos da ala covid também. Desde o dia 14 estamos mantendo 100% de ocupação na UTI” comenta a Gerente de Enfermagem do Hospital Clarice Gielinski.

Referente ao Covid-19 o Hospital possui uma ala e uma Unidade de Terapia Intensa (UTI) para os casos graves e gravíssimos. Segundo a Dra. Paola David, Diretora Clínica Hospital “Desde o dia 17 estamos tendo uma procura bem maior do que podemos absorver, diversos hospitais estão solicitando vagas, já tivemos mais de 50 pedidos”.

Muitos pacientes da ala covid tiveram uma piora no quadro e também estão na fila por uma vaga na UTI, vários pacientes do Hospital também estão precisando de intubação, mas não tem mais vagas. “Eu tenho preparado a minha equipe porque vamos viver dias muito difíceis, temos mais entradas do que saídas, e vamos ter que escolher sim, quem vem, quem fica, com base no quadro médico, idade, e, inclusive já estamos vivendo esse cenário” desabafa Dra. Paola David.

A previsão segundo ambas entrevistadas é de piora considerável, já que, mesmo com alta médica ou óbito, existe uma fila de espera para os leitos que desocuparem. A Médica do Hospital comenta também a sua preocupação referente a idade dos pacientes nessa fase atual: “O que eu tenho notado é que estão chegando pacientes mais jovens, na faixa dos 30/40 anos, hoje nós temos dois pacientes – um masculino de 22 anos e uma feminina com 23 anos, internados conosco. A faixa etária mudou”.  Informa Paola. Ainda segundo a Médica, a maioria dos Hospitais de SC está assim – “tanto os particulares quanto os públicos estão na mesma situação que a nossa. Inclusive recebemos pacientes até de Hospitais particulares devido a essa falta de leitos”.

A Gerente Clarice enfatiza a importância de reforçarmos as medidas preventivas “As perspectivas para os próximos dias não são nada boas, considerando o descumprimento das normas estabelecidas pelos órgãos competentes que é manter o isolamento social e as medidas de proteção, como uso de máscara e higiene das mãos. Por isso, reforço que é importante cuidar”. Representantes do Estado de SC estiveram no Hospital para conversar sobre a possível abertura de novos leitos, o que está sendo cogitado, porém, não há confirmação, tal ato demanda equipe, verba, equipamentos e questões relacionadas.

 

Mariana Hoffmann Correia – Assessoria de Imprensa – Hospital Regional de Biguaçu Helmuth Nass – 25 de fevereiro de 2021.

 

Hospital Regional de Biguaçu. (Foto Divulgação)

 

https://chat.whatsapp.com/IG6sLw6aHO5CjRXeBtSCkM

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade