Stay connected

Trending News

JBFoco Online – Terça-feira (13/08/19)

Category

Descrição

Publicidade

Justiça manda prefeito de Itajaí demitir seu filho de secretaria

Aqui em Biguaçu, nepotismo é tolerado. Mas estamos em outro país? Em Itajaí, Barra Velha e Jaraguá do sul não pode, mas em Biguaçu, pode? Que loucura é essa?

A notícia do portal NSC total, antiga RBS, de 25 de julho último, informa: “A juíza Sônia Moroso Terres, da Vara da Fazenda Pública de Itajaí, determinou que o prefeito (de Itajaí), Volnei Morastoni (MDB) suspenda a nomeação de seu filho, o vereador Thiago Morastoni (MDB), como secretário municipal de Desenvolvimento Econômico. Thiago assumiu o cargo no dia 11 de julho (de 2019). A decisão prevê a suspensão imediata do salário.”

Mas, pelo jeito, ​parece que fica em outro país. Lá em Itajaí, o prefeito não pode nomear seu filho biológico como secretário, mas aqui em Biguaçu, o prefeito Ramon Wollinger (PSD) pode manter, sem problema algum, sua irmã biológica como secretária municipal de governo. Em suma: o que lá é problema jurídico, aqui a mesma coisa é outra coisa completamente diferente. Realmente inacreditável.

 

Publicidade