Stay connected

Trending News

Jornais em Foco – Sexta-feira (29/11/2019)

Category

Descrição

Publicidade

Editor do JBFoco é absolvido em processo movido por instituto contratado no Censo Linguístico de Antônio Carlos que virou “Caso de Polícia”

Por solicitar acesso aos formulários do censo investigado, jornalista foi processo sob acusação de “calúnia”, “difamação” e “invasão” de evento público

A juíza de Direito da comarca de Florianópolis, Vânia Petermann, absolveu o jornalista Ozias Alves Jr, editor do JBFoco, de acusações de “calúnia e difamação” numa ação movida contra ele e o dono da TV em Foco, Carlos Wanderley Gomes da Silva, pelo IPOL (Instituto de Políticas Linguísticas), com sede na capital.

Em agosto do ano passado, Ozias, acompanhado de Carlos Wanderley, que fez filmagens, esteve num evento promovido pelo IPOL num hotel em Florianópolis, ocasião na qual o jornalista perguntou, inclusive com muita educação, onde estavam os formulários de um censo linguístico realizado em Antônio Carlos nos anos de 2014 a 2016.

Publicidade