Em um ano e meio, isto é, entre janeiro de 2018 a maio deste ano, a prefeitura de Biguaçu, no comando do “grande administrador” e “Prêmio Nobel de Economia” Ramon Wollinger (PSD), gastou R$ 280,5 mil em instalação de divisórias, prateleiras e persianas nas repartições…