Publicidade

Um dos primeiros e mais importantes festivais de cervejas artesanais da região, a

chega à sua terceira edição, que encerra hoje (sábado, 30/09/2017), no Centro Multiuso de São José (SC).

As opções são ainda maiores do que no ano passado, com mais de 80 rótulos, muitos deles premiados, das cervejarias Faixa Preta, Da Ilha, The Liffey Brew Pub, Jester, Unika, Kairós, Weinmann, Sunset, On Tap e Bayer Bier. O evento terá ainda gastronomia variada e shows com Sonora Dose e Get Back (quinta), Otávio Marcolla Duo e Banda Randômica (sexta), Alpha Jorge, Saint Pardier e DexTroy (sábado). A compra antecipada de ingressos dá direito a um chope de 300ml. Para as famílias que levarem seus filhos, haverá espaço especial para recreação.

 

Organizada pela União Cervejeira – Associação de Cervejarias Artesanais da Região Metropolitana de Florianópolis, a Beer WeekGrande Floripa se consolida também como um espaço para o público conversar diretamente com os cervejeiros e conhecer melhor a qualidade da produção local, que conquista cada vez mais o consumidor. Estima-se que as cervejas artesanais já ocupem 20% do mercado da região, de acordo com o presidente do Sistema Fampesc, Alcides Andrade, que coordena o Grupo de Trabalho sobre Turismo Cervejeiro na secretaria estadual de Turismo, Cultura e Esporte.

 

A Beer Week é ainda uma oportunidade para o público conhecer o Caminho Cervejeiro, rota turística na região, criada em conjunto pela União Cerveira e Ampe Metropolitana, com apoio do Sebrae. O festival terá também a presença do Science of Beer Institute, instituição de ensino com sede em Florianópolis, responsável por promover cursos voltados ao mercado cervejeiro em todo o país, desde 2013.

 

SERVIÇO

 

Beer Week Grande Floripa

Centro Multiuso de São Jo’é (SC)

Dias e horários:

30/10 (sábado) – 17h às 2h

 

MAIS INFORMAÇÕES:

facebook.com/BeerWeekFloripa

beerweekgrandefloripa.com.br

Ingressos: https://goo.gl/DqiXf8

R$ 20,00

Estacionamento gratuito e com segurança.

 

As cervejarias e os tipos de chopes e cervejas

 

 

Faixa Preta (Santo Amaro da Imperatriz)

 

Dragon Rock, a melhor avaliada Dunkel Weiss do Brasil no Concurso Brasileiro de Cervejas 2017

1910 Hardcore – IPA (lançamento)

Hajime – Pilsen

Grand Shihan – Weiss

Lord Dan – Dubbel

She’s So Cool – ESB

 

Da Ilha (Florianópolis)

 

Jurerê Gold

Joaquina Weizen

Ingleses Pale Ale

Brava Bock (lançamento)

Chopp Ilhéu

 

The Liffey Brew Pub (Palhoça)

 

Liffey Pedra Branca – Witbier

Liffey Haka – NZ Lager

Liffey devil – Irish Red Ale

Liffey Paleoça – Best Bitter

Liffey black jack – Irish Stout

Liffey crazy horse – Amarican IPA

Liffey Mustache – Imperial IPA

Liffey James Blond – Belgian Blonde ale

Liffey Black PoweRIS – Imperial Stout

Liffey Bock’n Roll – Traditional Bock

Liffey Carolina Reaper – Baltic porter com pimenta

Liffey Cerva de Pedra – Steinbier

Liffey Coroa Real – Catharina sour com abacaxi e hortelã

Liffey Magali – Catharina sour com melancia e gengibre

Liffey Sour Framboesa – Catharina sour com framboesa

Liffey/DUM Macunaíma – Catharina sour com manacubiu

Liffey carambola não me amola – Catharina sour com carambola (lançamento)

Liffey É Bretta – Brett IPA

Liffey Pedra Negra – Robust porter

Liffey Sex on Fire – Saison com cereja e páprica picante

Liffey Tennessee – Doppelbock Defumada maturada em carvalho americano

 

Jester (Águas Mornas)

 

Blonde Ale Maracujá (lançamento)

Blonde Ale Amora (lançamento)

Stout (premiada com medalha de bronze no Concurso Brasileiro de Cervejas 2017)

Pilsen Natural e Filtrada (premiada medalha de bronze no Concurso Brasileiro de Cervejas 2017)

Blonde Ale

Blonde Ale Maracujá

Blonde Ale Amora

American Pale Ale

India Pale Ale

 

 

Unika (Rancho Queimado)

UNIKA German Lager

UNIKA Reptilia Session IPA

UNIKA West Coast IPA

UNIKA Ovelha Negra Black IPA

UNIKA Víbora Double IPA

BRUXA #1 Belgian Bolond

BRUXA #5 Belgian IPA

UNIKA Triple Ipa (lançamento)

UNIKA Barley Wine (lançamento)

 

Kairós (Florianópolis)

 

Kapital (Cream Ale), premiada como melhor Cream Ale do Brasil no Festival Brasileiro de Cervejas 2017.

Baleeira (Red Ale), premiada como melhor Red Ale da América Latina, no South Beer Cup 2017 realizado em Mar del Plata na Argentina.

Ipaguaçu (American Ipa)

Boitatá (Dry Stout)

Rendeira Bilro (WitBier)

Miramar (Weiss)

Darci (Lite Lager)

 

Weinmann (São José)

 

Smoked Ale

Blonde Ale

Weiss

Red Strong Ale

Cerveja Edição Especial – uma surpresa a ser revelada no festival

 

Sunset Brew (Tijucas)

 

Light Lager

American Lager

APA

IPA, medalha de prata no World Beer Awards 2017)

Modern Saison, medalha de ouro no South African National Beer Trophy 2016, medalha de Prata no Festival Brasileiro da Cerveja 2017 e eleita a melhor cerveja do Brasil e do Mundo no World Beer Awards 2017 em Londres

Russian Imperial Stout, com cacau e coco, medalha de Ouro no World Beer Awards 2017

Double IPA receita feita em parceria com a Cervejaria Sul Africana Darling Brew.

 

On Tap (São José)

 

Residente – American Blonde Ale

Clandestina – American IPA

Exilada – Vienna

Deportada – Stout

Refugiada – Irish Red Ale

Ilícita –  American Pale Ale

Condenada – Dark Strong Ale

 

Bayer Bier (Florianópolis)

 

Cervejas:

 

Dourada, cerveja Pilsen premiada no Festival Brasileiro de Cerveja

Guarany – Viena

Tijucas – Trigo

Indiana – Pale Ale

 

Chopes:

IPA

Viena

Bier Scotch Ale

APA

Weiss

Vinho

Stout

Pilsen

Helles

Dark Strong Ale

Pale Ale

Trippel

 

Publicidade