Publicidade

O vereador da Câmara Municipal de Biguaçu, Nei Cláudio da Cunha (PPS), popular “Cunha”, defende que a escola Basilício José de Andrade, abandonada desde 2015 e situada em São Mateus, interior do município, seja transformada em creche.

Cunha observa que a escola, que era estadual, foi cedida à prefeitura de Biguaçu em 2015, mas, desde então, nada foi feito. A escola encontra-se abandonada e já sofreu certa depredação.

De acordo com o vereador, crianças das comunidades vizinhas de São Marcos, Canudos e Limeira precisam deslocar-se até o bairro de Prado onde há creche municipal. Por que não transformar a antiga escola Basilício em creche?

Conforme o vereador, a escola abandonada possui quatro salas e quatro banheiros, ou seja, teria condições plenas para transformar-se numa creche municipal.

 

DESPESAS

Se alguém argumentar que transformar a escola abandonada numa creche gera custos, o que é verdade (isso não há o que contestar), o vereador tem um contra-argumento:  quanto a prefeitura gasta em transporte escolar para levar crianças das localidades de São Mateus, São Marcos, Canudos e Limeira até a creche municipal Dona Virgínia, no bairro Prado?

Para o vereador, é mais prático e viável criar uma creche em São Mateus do que gastar no transporte das crianças da zona rural para o perímetro urbano da cidade.

Cunha informa que já se reuniu com a secretaria municipal de educação de Biguaçu, Cátia Bichels, para a qual solicitou o apoio com o objetivo de transformar a escola em questão em creche municipal.  O vereador aguarda pronunciamento do prefeito Ramon Wollinger.

 

VÍDEO

Confira o vídeo abaixo em que Cunha, que se encontra em frente à escola abandonada Basilício José de Andrade, apresenta sua reivindicação.

Publicidade