Publicidade

 

 Ainda não está fechado o início das obras, mas o ex-prefeito de Biguaçu, José Castelo Deschamps (PP), confirmou que as negociações para a instalação de uma Havan e um Fort Atacadista estão bem avançadas. Enfim, se não houver imprevistos, tudo deve indicar que as obras deverão iniciar-se em 2018, dando o pontapé inicial para a instalação do bairro comercial no terreno ao lado da Inplac, entre o centro de Biguaçu e o bairro Praia João Rosa.

A Havan e o Fort Atacadista estão neste momento negociando com as construtoras Beco Castelo e Cota. A ideia é em 2018 iniciar a construção de um complexo de Havan com Fort no terreno ao lado da Inplac, entre o centro de Biguaçu e o bairro Praia João Rosa.

A ideia é que a mega loja e o hipermercado sejam instalados em frente à BR-101, enfim, localização melhor nem se fala.

O terreno em questão pertence atualmente às construtores Beco Castelo e Costa.

Conversamos com o ex-prefeito José Castelo Deschamps. Ele nos confirmou que realmente está havendo a negociação e esta encontra-se bem adiantada. No entanto, Castelo enfatizou que não está mais no comando da construtora Beco Castelo. Quem está nas negociações é seu filho Robson Deschamps, que assumiu o comando da empresa fundada por Castelo em 1978.

 

Post do radialista Zebrinha anunciando a Havan e Fort Atacadista em Biguaçu. Calma, Zebrinha. Ainda não está concretizado, mas tudo indica que realmente isso acontecerá, se não houver imprevistos. (Foto Divulgação)

 

PROJETO

Se não houver qualquer atropelo no caminho, o negócio será concretizado e haverá o anúncio oficial. O enorme terreno ao lado da Inplac começará a ser transformado no novo e moderno bairro comercial de Biguaçu. O projeto chama-se “Inovar Biguaçu”.

“O conceito do novo bairro vem de Jaime Lerner (antigo prefeito de Curitiba e conceituado planejador urbano). A ideia é que a área tenha mais outra avenida com 35 metros de extensão. Vale lembrar que a atual avenida que corta esse terreno em questão, a “Marcondes de Mattos”, será ampliada. A ideia é ter vias de acesso amplas para que o trânsito possa fluir melhor”, comenta Castelo.

 

IDEIA

A ideia é instalar a Havan de um lado e o Fort Atacadista de outro, ambas situadas às margens de uma nova avenida.

Por outro lado, deverão ser instalados bancos e outros empreendimentos comerciais, pois a ideia é justamente: ser o novo “coração” de Biguaçu.

“A ideia é que a região se torne uma nova “Pedra Branca” (como é chamado o bairro planejado de Palhoça)”, observe Castelo.

 

FUTURO

No final da breve entrevista via telefone, Castelo comentou que Biguaçu tem tudo para crescer. Citou o caso do Anel Viário (que está demorando, mas será realidade, se tudo der certo, em dezembro de 2020), loteamento Deltaville, futura avenida Beira Rio e respectiva nova ponte na Encruzilhada de Três Riachos, sem falar do futuro novo bairro a ser impulsionado com a Havan/Fort Atacadista, se não houver qualquer imprevisto.

Publicidade