No início da tarde de hoje (sexta, 03/11) o JBFoco postou reportagem intitulada “Demora do SAMU para socorrer vítima de acidente no centro de Biguaçu”. Um leitor enviou fotos de um acidente que ocorreu por volta das 10h15 da manhã de hoje (sexta, 03/11) na esquina das ruas Leopoldo Freiberger com a Avanir Freiberger, no centro de Biguaçu. Um senhor que dirigia uma bicicleta elétrica foi atingido por um Renault Logan bem na esquina que dá acesso à avenida Marcondes de Mattos.

Até aí, nada demais. Acidentes acontecem. No entanto, o leitor estava chateado com o fato de que o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e estava demorando uma “eternidade”.

Estava próximo das 11h da manhã, ou seja, já havia passado uns 45 minutos do acidente e nada do SAMU.

Condutor da bicicleta elétrica envolvida no acidente aguardando o SAMU que não chegava nunca. (Foto Divulgação)

RESPOSTA

A notícia foi postada no site www.jbfoco.com.br e as informações que foram investigadas pelo jornal foram as seguintes:

  • O senhor da citada bicicleta elétrica acabou sendo atendido pelo corpo de Bombeiros e não pelo SAMU.
  • O acidentado em questão foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento de Biguaçu).
  • Devido ao fato de que a ambulância do SAMU de Biguaçu estar com problemas há 15 dias e, por isso, não está em operação, o SAMU de São José, que atende São José, Palhoça e São Pedro de Alcântara, no presente momento também atuando em Biguaçu.
  • Devido a esse problema com a ambulância do SAMU de Biguaçu, o SAMU de São José está esforçando-se em atender o máximo possível também a comarca de Biguaçu (leia-se também Antônio Carlos e Governador Celso Ramos) até que a ambulância do SAMU de Biguaçu volte a operar.
  • Em função da falta do SAMU de Biguaçu, o corpo de Bombeiros vem atuando no atendimento a acidentes no município.

Demora do SAMU para socorrer vítima de acidente no centro de Biguaçu