Publicidade

Agora são 17h47. Faz mais de uma hora que aconteceu um acidente próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Praia Bento Francisco, próximo a São Miguel, em Biguaçu.

O local do acidente fica a uns três quilômetros do perímetro urbano de Biguaçu. Mesmo assim qualquer acidente que acontece na BR-101, em qualquer trecho, mesmo a 10 quilômetro ou 20 quilômetros de distância do perímetro urbano de Biguaçu, provoca congestionamentos impressionantes dentro da cidade.

Estas fotos acabaram de ser tiradas da rua Leopoldo Freiberger, centro de Biguaçu. Como se vê, o trânsito está congestionado. Ninguém sai nem entra na cidade. Tudo fica engarrafado. Não há vias alternativas para que o trânsito flua em dias de engarrafamento na BR-101.

A questão é muito simples: cadê o planejamento do trânsito? Perguntar não ofende: por que a prefeitura de Biguaçu nãoe está pressionando, junto com a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, para conseguir verbas com o objetivo de fazer a avenida Beira Mar aterrando a praia João Rosa?

Sim, Adeliana já foi na imprensa falar a respeito da necessidade de se fazer essa avenida Beira Mar interligando com a do bairro Estreito,  em Florianópolis, com o objetivo de desafogar o trânsito da Grande Florianópolis.

Essa obra é necessária. Biguaçu não aguenta parar literalmente em qualquer acidente que acontece na BR-101. Pensando bem, isso é um absurdo, pois a cidade não tem qualquer planejamento na questão do trânsito.

 

 

Caminhão tomba na BR-101 perto do posto da PRF da Praia Bento Francisco, Biguaçu

Publicidade