Publicidade

Docinho, como é chamado o cachorro de rua mais conhecido do centro de Biguaçu, já não anda mais tanto nas ruas da região. Motivo: é tanta comida que recebe diariamente que o cachorro, conhecido por sua docilidade (daí o nome “Docinho”), está realmente muito gordo.

Isso levou uma senhora a colocar um cartaz na casinha desse cão com os seguintes dizeres: “Por favor, não dê comida para o Docinho. Ele está ficando gordo e doente.

O cachorro em questão ficou “célebre” em Biguaçu em julho deste ano quando estourou a polêmica de seu “despejo”.  Uma alma bondosa instalou uma casinha de cachorro no pequeno jardim ao lado da prefeitura de Biguaçu. Docinho ali vivia abrigado até que, numa reforma nesse mesmo jardim, sua casa foi simplesmente retirada.

O caso virou polêmica e alguém, cujo nome não foi revelado, doou uma bela casa de cachorro e instalou-a na frente do condomínio Albertina da Rocha, a pouca distância da prefeitura, antigo “endereço” de Docinho. O cão abandonado despejado da prefeitura ganhou um novo lar.

O cachorro adorou o local e passou a ser tratado como “celebridade”.  Realmente quem passa no local para entrar no condomínio Albertina da Rocha percebe que Docinho recebe muita comida e água.

O resultado por causa desse “excesso de amor” está tornando-se trágico. Se o leitor percebeu, na foto que ilustra esta matéria da frente da casinha, Docinho está deitando, estafado, quase sem forças para levantar-se.

Pelo jeito, uma nova campanha deverá surgir: uma academia de ginástica para Docinho.

 

Cartaz na frente da casinha do cachorro Docinho. (Foto JBFoco)

 

Dizeres pedindo para que o povo pare de dar comida para Docinho, pois o cachorro engordou demais. (Foto JBFoco)

 

Cachorro de rua conhecido como “Docinho” consegue uma casa para morar no centro de Biguaçu

Publicidade