Publicidade

O pré-candidato a governador de Santa Catarina pelo PMDB, Mauro Mariani, está percorrendo o estado em busca de apoio. As visitas aos municípios visam identificar as principais preocupações dos cidadãos com relação à segurança, saúde e infraestrutura.

“Não existe avanço sem diálogo. Se você não tem capacidade para ouvir não terá capacidade para governar. Por isso é nossa responsabilidade construir um novo rumo para o Estado ouvindo os anseios da população. Em 2018 o MDB de Santa Catarina segue trabalhando na busca por uma gestão mais eficiente para o Estado”, observou o pré-candidato Mauro Mariani.

“Serei governador em 2018 e o maior cabo eleitoral de Mariani, que vem se preparando há anos para esse momento. Tem experiência e competência para ser o candidato e levar nosso partido à vitória”, disse Eduardo Pinho Moreira, vice-governador.

Entre os apoiadores da candidatura de Mariani figuram o senador Dário Berger e os ex-governadores Paulo Afonso Vieira e Casildo Maldaner.

Neste ano de 2017 que está se encerrando, Mariani posicionou-se a favor da renúncia da Executiva Nacional do PMDB, cujos membros respondem sérias denúncias de corrupção nos processos da Lava-Jato.

“Não adianta trocar o nome da loja. Tem de trocar o dono da loja”, defendeu Mariani.

 

Publicidade