Publicidade

Mas não responde questionamentos, entre os quais quem é o responsável técnico da obra e quanto foi gasto?

No último domingo (14/01), o JBFoco postou a matéria intitulada “Quanto a prefeitura gastou nesse “Serviço de Porco”?

Tratava-se de questionamentos sobre uma placa na praça da entrado do Jardim Carandaí, bairro Rio Caveiras, que havia caído em dezembro último por causa do vento.

Segundo moradores, o vento não foi um furacão e, pelo jeito, a placa não tinha estrutura e desabou.

Na ocasião, fizemos as seguintes perguntas:

  • Quanto foi gasto nesta placa?
  • Como foi a licitação da obra?
  • Qual foi a empresa que ganhou e executou a obra?
  • quem foi o engenheiro ou técnico responsável?

 

Ao invés de responder, a prefeitura de Biguaçu não teve dúvida: mandou recolher a placa.

Então, vai arrumá-la? Foi levada para onde?

Mas as perguntas permanecem: quem fez a dita placa, e quanto a prefeitura gastou?

E esse conserto vai custar quanto?

Esperamos que a prefeitura de Biguaçu não se esquive de responder essas perguntas antes que tenhamos de acionar o Ministério Público.

Não se trata de uma placa artística. Na realidade, conforme se pode ver, trata-se da base que não suportou o peso e desabou. (Foto JBFoco)

 

Quanto a prefeitura gastou nesse “Serviço de Porco”?

Publicidade