Publicidade

No ano passado, a placa instalada pela prefeitura de Biguaçu na praça da entrada do Jardim Carandaí, no bairro Rio Caveiras, caiu por força de algum vento.

Segundo a moradora da região, Adriana da Luz, 45, auxiliar de serviços gerais, não deu uma ventania que pudesse dizer que se tratava de um “furacão” ou “ciclone” para colocar a estrutura abaixo.

O fato é que a queda da dita placa vem provocando questionamentos entre os quais qual foi o material usado, qual a qualidade do mesmo e o que levou a estrutura desabar se a comunidade não reconhece que houve vento fora do comum na região?

O prefeito Ramon Wollinger (PSDB) deve explicações. Em primeiro lugar, QUANTO FOI gasto nesta placa? Como foi a licitação da obra? Qual foi a empresa que ganhou e executou a obra?

Na realidade, é preciso investigar. No mínimo, fazer um comparação entre o que foi licitado e qual o material empregado na dita placa.

Aliás, quem foi o engenheiro ou técnico responsável? Sim, tem que haver um responsável. Como se trata de uma estrutura alta, no mínimo tem uma ART (Anotação de Responsabilidade Técnica). Algum engenheiro assinou essa obra? Já imaginaram se não há responsável? Seria mais outro escândalo dentro desse escândalo.

O cidadão, no mínimo, deve ter feito um cálculo para saber qual material e como fazer a obra para que a estrutura não desabe. Já imaginaram se, na hora que desabou a obra, tivesse alguém passando pela calçada no exato momento em que a estrutura foi abaixo?

E aí, Câmara de Vereadores? Alguém vai investigar essa obra? Ou vão deixar no famoso “deixa como está para ver como é que fica”?

O JBFoco exige explicações da prefeitura. Esperamos não ter de bater às portas do Ministério Público para exigir respostas com relação a essa obra no mínimo diga de “Trapalhões”.

Não se trata de uma placa artística. Na realidade, conforme se pode ver, trata-se da base que não suportou o peso e desabou. (Foto JBFoco)
Quem é o responsável técnico por essa obra? (Foto JBFoco)
Adriana da Luz, moradora da região, conta que não houve um “furação” na região para provocar o desabamento dessa placa. (Foto JBFoco)
Placa que desabou na Praça do Jardim Carandaí. (Foto JBFoco)
Publicidade