Na terça-feira (27/03), a Câmara Municipal de Biguaçu realizou a primeira sessão especial do ano, que trouxe a tradicional e já consagrada homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Na oportunidade, cada vereador participante homenageou uma mulher de destaque no município, as quais receberam a Placa Dilza Palmira de Souza Sabino.

Em um discurso descontraído e singularmente emocionante o Vereador Douglas Borba destacou a trajetória da paratleta Viviane Maria Barbosa, que por meio da Capoeira superou seus próprios limites e provou que ser mulher e ser portador de deficiência são barreiras apenas para os que não são capazes de enxergar além do que os olhos podem ver.

Confira o discurso do Vereador:

” Minha homenageana se chama Viviane Maria Barbosa, ou melhor a Vivi. É literalmente uma lutadora! Após cinco dias de nascimento, Viviane apresentou a icterícia, doença que provocou uma lesão cerebral.

Quando mais jovem, Viviane frequentou a Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), pois na época em que foi morar em Biguaçu ainda não existia APAE no município. Nesse período, havia um movimento para que as pessoas com deficiência em idade escolar frequentassem a escola regular, e assim foi feito. Mas, infelizmente, não houve adaptação, pois como não era lei, os professores não tinham paciência para lidar com as pessoas com deficiência. Isso deixa clara a importância da implementação de legislação para o processo de inclusão.

O histórico da relação humana diante das deficiências passou da visão de seres possuídos na Inquisição à visão estritamente biológica, de responsabilidade de estudo somente da Medicina, e chegou aos dias atuais com o conceito de que a deficiência é constituída nas relações interpessoais. Reforça-se assim o quanto a questão cultural influencia nos processos de aprendizagem, podendo determinar o estacionamento ou avanço significativo em diferentes ações intelectuais ou físicas.

 Assim que a APAE foi instalada no município de Biguaçu, Viviane passou a frequentar, e lá se vão 25 anos. No ano de 2001, foram proporcionadas à APAE aulas de Capoeira para as pessoas com deficiência, e é a própria Viviane quem diz: “Eu não sabia gingar, por isso não queria fazer aula de Capoeira; mas, o professor ensinou, então, estou até agora, desde 17 de março de 2001.

Em 2017, no processo de graduação do Projeto Capoeira na Escola, a instrutora Raposa, como é conhecida a Viviane, recebeu a corda amarela, correspondente a oitava graduação. Sua meta é chegar à mestra de capoeira, e ela conta nos dedos as quatro cordas que faltam nessa caminhada.

Além da Capoeira, Viviane é uma excelente competidora de Atletismo, ao ponto de participar e voltar medalhista de uma competição internacional (Special Olympics) na China. Nos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), Viviane já representou honrosamente Biguaçu com dezenas de medalhas, e no último dia 11 de março, na etapa regional Rio do Sul do circuito Loterias Caixa, Viviane conquistou medalha de bronze em três categorias: disco, peso e dardo.

Provando que em cada indivíduo as limitações e potencialidades frequentemente coexistem, a história de Viviane evidencia a necessidade de se olhar para o ser humano que ali está e que precisa de sua intervenção, tratando-o tão somente como ser humano, não ignorando os aspectos primários de sua deficiência e sabendo que o desenvolvimento é o entrelace de fatores biológicos e sociais.

Por fim, a diversidade é a riqueza do mundo, mas a luta por igualdade de direitos deve ser a bandeira dos que querem um mundo melhor. Em cada roda de Capoeira, em cada competição de atletismo ou apresentação da Escola Especial Leandro de Azevedo, essa bandeira é carregada magistralmente pela lutadora Viviane Maria Barbosa.”

Discurso editado: colaboração de Fernando Ricardo Fritz Bueno (Mestre Tuti ) e Alessandra Koerich Souza. (Texto: Assessoria de Imprensa).

 

Vereador Douglas Borba entrega Placa Dilza Palmira de Souza Sabino a homenageada Viviane Maria Barbosa. (Foto Divulgação)

 

Vereadores posam com homenageadas em Sessão Especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. (Foto Divulgação)

 

Viviane Maria Barbosa posa com colegas capoeiristas. (Foto Divulgação)

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco