Publicidade

Será que vocês poderiam dar um apoio para os moradores do Morro do Boa Vista (Biguaçu) que estão abandonados pela CASAN? A escola teve que dispensar os alunos mais uma vez porque não havia água! Está um caos a situação aqui. Tem morador que está sem água faz dias. Ligam para a CASAN e eles não resolvem nada.”

Esta foi a mensagem de um leitor que não se identificou. A reclamação saiu no whatsApp do jornal Biguaçu em Foco.

Problemas com relação ao abastecimento d´agua no Morro da Boa Vista não vêm de hoje. Já são anos em que os moradores reclamam ora da falta, ora dos estragos que chuvas fortes fazem na região por causa do entupimento dos tubos de escoamento das ruas.

A comunidade do Morro da Boa Vista, situada bem em frente à cidade de Biguaçu (bairros Universitário e Centro), reivindica há décadas a instalação de um grande reservatório em cima da morro local, pois acredita que, aí sim, não haverá mais problemas de abastecimento.

A Casan alega que o reservatório é uma obra muito cara, mas vale lembrar que na década de 1990, os moradores do Prado, Biguaçu, situado justamente em morros, sofriam com a falta d´água e a situação só melhorou com a instalação de um reservatório. É verdade que, dependendo da estiagem, mesmo com o reservatório da Casan em cima do morro no Prado, abastecido por bombas que trazem a água da rede que desce abaixo, ainda há problemas de abastecimento. Agora imaginem se não houvesse a obra.

Mas voltando ao Morro da Boa Vista, parece que não há outra solução que não a de se instalar o reservatório com bombas hidráulicas que levam a água para cima. É uma solução “cara”, mas necessária, pois vale lembrar que os moradores da região não consomem água de graça. Eles pagam. Pelo menos, é o dever da Casan de resolver o problema do abastecimento na região.

Com a palavra, a Casan.

 

AVISO        

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade