Os R$ 36 mil que a prefeitura de Biguaçu pagou para que a famosa atriz da rede Globo, Elizabeth Savala, viesse apresentar seu teatro na praça Nereu deixou a leitora Natali Carboni literalmente enfurecida. Eis seu motivo: “Parabéns, senhor prefeito. Enquanto isso a ponte do bairro Saveiro continua do mesmo jeito desde o dia 22 de fevereiro.”

Confirme já noticiado no JBFoco, o Saveiro tinha uma ponte que liga aquela comunidade com o bairro de Praia João Rosa. A ponte em questão, de madeira, ficava na foz do rio Caveiras. Era através da qual os moradores do Saveiro usavam para levar crianças a uma creche próxima e também era o caminho mais curto ligando ambas regiões.

A omissão do prefeito Ramon Wollinger (PSD) foi dupla. Em 26 de janeiro deste ano, publicamos no site www.jbfoco.com.br matéria informando sobre a precariedade da ponte em questão. Parte do madeiramento estava caindo.

Apesar do pedido da comunidade, o prefeito não tomou a mínima providência. Resultado: no dia 22 de fevereiro, quase um mês depois, houve uma chuva forte e a correnteza no rio Caveiras incumbiu-se de derrubar a citada ponte.

Resumo da ópera: Ramon não fez obra de prevenção e, depois que a ponte caiu, não a reconstruiu.

E agora, eis a notícia de que o prefeito TORROU R$ 36 mil na apresentação da atriz global Elizabeth Savala.

E o grave dessa história é que o jornal Biguaçu em Foco, no final de janeiro deste ano, fez um questionamento público: quanto que a prefeitura iria gastar com a apresentação da atriz no município.

Dois meses e uma semana se passaram e Ramon não prestou esclarecimento algum. O jornal só conseguiu a informação na segunda-feira desta semana (09/04) por uma fonte fidedigna que auxiliou a reportagem a encontrar o registro do gasto.

Em resumo: para resolver um problema da comunidade do Saveiro, uma das mais humildes de Biguaçu, Ramon simplesmente ignorou. Agora para fazer grau com uma atriz da Rede Globo, como Elizabeth Savala, que apareceu de “paraquedas” na cidade que talvez nunca tinha antes ouvido falar, Ramon foi de uma rapidez incrível: autorizou R$ 36 mil para custear o tal de “Teatro de Graça” em Biguaçu.

É rir prá não chorar. O “Teatro de Graça” custou R$ 36 mil do bolso do contribuinte biguaçuense. Se isso for de graça, então o biguaçuense simplesmente não fala mais português e não sabe o exato sentido da expressão “de graça”.

Pois é! O que dizer para o Saveiro? A prefeitura simplesmente não arruma a ponte de madeira daquela comunidade, alega que não tem dinheiro, mas desperdiça com projetos que não são prioridade neste momento para a cidade.

Que o caso Elizabeth Savala faça o município refletir.

 

Ponte do Saveiro que ruiu em 22 de fevereiro último. (Foto Divulgação)
Em janeiro deste ano, a ponte da foz do rio Caveiras, no Saveiro, estava assim, em situação precária. Um mês depois, ruiu. (Foto Arquivo JBFoco)

Prefeito Ramon e Elizabeth Savala ao final da peça A_M_A_D_A_S_ (Foto Martha Huff – DICOM PMB)
Atriz Elizabeth Savala apresenta espetáculo A_M_A_D_A_S_ em Biguaçu no dia 5 de abril (Foto Divulgação)
Elizabeth Savala apresentou comédia A_M_A_D_A_S_ em Biguaçu na quinta-feira (Foto Martha Huff – DICOM PMB)

 

Atriz Elizabeth Savalla esteve na manhã de segunda (29.01) na Prefeitura de Biguaçu – Foto Martha Huff (Dicom PMB)
Prefeito Ramon, Elizabeth Savalla, a primeira-dama Daiana e prefeito em exercício Vilson: sendo atriz famosa, aí vamos tirar fotos todo mundo. ( Foto Paulo Rodrigo Ferreira (Dicom PMB)

AVISO        

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco

MANIFESTAÇÕES

Aqui algumas manifestações de leitores a respeito da polêmica.

“Enquanto isso a rua da minha casa continua alagando quando chove.” Marcia Patricia Aquino

“A minha rua e só buraco e uma vergonha. Os ônibus passam e só buraco. É uma vergonha”. Maria Guindani

“Por isso tão tirando o nosso couro no imposto, sacanagem. “Rosane Goulart

“Adoro Teatro, super gasto o meu dinheiro pra assistir…Agora gastar o dinheiro do público pra fazer graça não neh prefeito ( inclusive já assisti essa peça no TAC e paguei $10,00.” Josemara Silva

“Meu irmão não consegue construir no sítio dele por causa de uma vala sendo que tem 28 metros fora isso é uma vergonha !!! Aí além de ter construído um barraco para guardá ferramentas falarão que era proibido sinto mesmo vergonha desse lugar vagabundo que temos o negócio é liberar o porte de arma para quando eles chegarem em suas casa nois dar um cartão de visitas ! Jessica Aparecida

“Enquanto isso… ruas alagadas nos dias chuva….” Gizele Estácio

“ Tb achei muito errado gastar td isso Se ainda a saúde educação segurança e mais outras coisas fossem boas aí td bem Mas td isso deixa a desejar infelizmente.” Vilma Wessler Moretti

“Pois é mas ninguém trabalha de graça, a prefeitura deve ter dinheiro sobrando , quanto saúde tá uma merda , educação pior ainda , Biguaçu voltou encher de novo n pode mas chove ..uma piada , nossa Cidade tá cheio de ratos ..” Eliete Faria